27 de janeiro de 2022

DAVID PREPARA ARRANCADA

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), prepara uma forte arrancada para 2022. E ela começa com dois aportes financeiros significativos. Nesta semana ele recebe R$ 400 milhões de um empréstimo que assinou com o Banco do Brasil e mais R$ 155 milhões de repasse do Governo do Estado para o recapeamento de ruas da capital. No total, o governador Wilson Lima (PSC) promete repassar R$ 580 milhões. Estes recursos, somados à esperada recuperação do orçamento, devem garantir ao mandatário uma sobra de caixa que permitirá a realização de algumas das primeiras grandes obras prometidas por ele na campanha eleitoral do ano passado e anunciadas já este ano. Para festejar a nova fase, o gestor promete realizar “o maior Natal da história da cidade”. Segundo ele, é uma compensação à cidade, “que sofreu demais com a pandemia”. O otimismo também leva em conta a recuperação da economia, mas Almeida não esquece que, fora as obras, precisará investir forte no social, devido à situação de penúria em que se encontram milhares de famílias.

O ELEITOR

David Almeida quer se consolidar como o grande eleitor para a escolha do novo governador. Ele garante que não tem a menor intenção de deixar a Prefeitura para disputar a eleição de 2022. E está muito próximo de anunciar o apoio ao governador Wilson Lima em sua tentativa de reeleição. A outra alternativa seria lançar um candidato de seu grupo.

DE VOLTA

O ex-governador José Melo (PROS) reapareceu ontem em entrevista a uma rádio local, quase quatro anos depois de ser preso acusado de desviar dinheiro da Saúde. Ele disse que chegou a pensar em suicídio quando estava na cadeia e escreveu uma longa carta contando vários episódios que presenciou.  O político garante que será candidato a deputado estadual em 2022.

O ALVO

Melo mirou em seu maior adversário, o senador Eduardo Braga (MDB). Disse que este não o deixava trabalhar e andava de órgão em órgão em Brasília cavando sua cassação. Acusou ainda o adversário da eleição de 2014 de humilhá-lo em diversas ocasiões. Ele chegou a chamar o parlamentar de “vírus”, comparando-o à Covid-19.

DESBUROCRATIZAÇÃO

O governador Wilson Lima assinou ontem o decreto que cria a primeira e a segunda Câmara de Prevenção e Resolução Administrativa de Conflitos, no âmbito da Procuradoria Geral do Estado. A iniciativa é importante para desburocratizar a administração estadual, diminuir a judicialização e reduzir os gastos públicos.

RECORDE

No Amazonas, a comercialização de gás natural alcançou, em setembro, o melhor desempenho mensal desde o início da operação comercial da Companhia de Gás do Amazonas, há 10 anos. A média de volume comercializado foi de 5,596 milhões de metros cúbicos por dia (m³/dia – unidade de medida padrão para aferir o desempenho da distribuição de gás natural).

ATUALIZAÇÃO

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado realiza, de 1º a 30 de novembro, a segunda etapa da atualização cadastral de animais nos 13 municípios amazonenses que integram o Bloco I do Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa. Os produtores destas cidades deverão procurar uma Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal para atualizar a situação de todos os animais existentes na propriedade.

DIABETES

Além de chamar a atenção para a saúde do homem, este mês também é dedicado a alertar a população, sobre a importância da prevenção e controle do diabetes, doença que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, abrange 5,4% da população adulta no Amazonas, o equivalente a 144 mil pessoas. O dado consta na Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), de 2019, ano em que a população com 18 anos ou mais, estimada para o Estado, era de 2,866 milhões de pessoas.

SHOW

Um dos músicos mais prestigiados do Amazonas, Carlinhos Bandeira contará a sua história musical no show e gravação do DVD “Carlinhos Bandeira – 35 anos de arte no piano”, no  Teatro Amazonas, nesta quinta-feira, 11, às 20h.

FRASES

“A população não me perdoaria.” David Almeida (Avante), prefeito de Manaus, sobre a possibilidade de deixar a Prefeitura para disputar o Governo do Estado em 2022

“Eu faria um estrago.” José Melo (PROS), ex-governador, sobre carta que escreveu na prisão

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email