David Almeida busca mais parcerias no governo

O prefeito eleito de Manaus (Avante) e o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciaram, ontem, parcerias para fortalecer medidas nas áreas de segurança, saúde e infraestrutura urbana.

O anúncio dessas novas estratégias aconteceu durante uma coletiva à imprensa na tarde desta quarta-feira (09). Os dois gestores manifestaram preocupação principalmente com a distribuição da vacina contra a Covid-19, que deve ser liberada pelo governo federal em fevereiro, segundo o governador.

“O Amazonas já prepara ações para o recebimento e armazenamento da vacina, além do estudo mercadológico para a compra de insumos médicos como seringa e algodão”, disse Lima. “Mas precisamos ainda de uma sinalização da União sobre qual imunizante será adquirido para articular a aquisição dos refrigeradores”, acrescentou o governador do Estado,

Segundo David Almeida, além do auxílio na vacinação contra o novo coronavírus, a nova prefeitura deverá contribuir para reduzir as filas de pacientes de cirurgias no Estado. “Daremos apoio através do Sisreg (Sistema Nacional de Regulação”, ressaltou o novo prefeito.

O governador Wilson Lima disse que deverá promover uma isenção no imposto incidente sobre o preço do diesel para reduzir o valor da tarifa do transporte coletivo, hoje um dos principais gargalos nas políticas públicas.

“Terá mais facilidade o licenciamento dos veículos adquiridos pela prefeitura”, ressaltou o governador Wilson Lima. David Almeida falou sobre a proposta de isenção do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para as concessionárias do transporte coletivo.

“A partir de agora, os empresários precisarão prestar contas regulamente se quiserem manter os contratos de concessão dos municípios”, alertou. “Não posso permitir que o serviço concedido possa ser feito sem a contrapartida regular do serviço contratado”, acrescentou Almeida.

O governador Wilson Lima disse que deverá entregar com urgência as obras do Anel Sul, na avenida Torquato Tapajós, e a do Anel Leste, que liga a bola do Puraquequara à Reserva Adolfo Duque. As duas vias devem desafogar o trânsito na zona Norte e no Distrito Industrial, que hoje têm acesso pelo V8.

“O governo vai colaborar em todas as medidas que a prefeitura precisar”, salientou o governador do Amazonas. “Todo apoio será dado às obras de infraestrutura”, afirmou.

 Câmara Municipal

O prefeito eleito David Almeida também esteve,  na manhã desta quarta-feira (09), na CMM (Câmara Municipal de Manaus). Ele convocou os vereadores para selar uma parceria em apoio ao novo governo municipal que assumirá a prefeitura a partir de janeiro do próximo ano.

O mesmo apelo fez o vice-prefeito Marcos Rotta (Republicanos) quando visitou o parlamento no dia 2 de dezembro. Durante o encontro, Almeida falou sobre as dificuldades financeiras que sua administração enfrentará logo no início de 2021.

E anunciou, ainda, que serão cortados pelo menos R$ 600 mil do orçamento anual de quase R$ 7 bilhões da prefeitura de Manaus.  Segundo ele, sua gestão terá que arcar também com as dívidas contraídas em empréstimos pelo atual prefeito da capital, Arthur Neto (PSDB), e cujos débitos vencem logo em janeiro.

Outras medidas que devem impactar negativamente na nova administração municipal serão a interrupção do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal e as possíveis mudanças no ISS (Imposto sobre Serviços), que ameaça a arrecadação tributária dos mais de 5 mil municípios brasileiros, salientou o novo prefeito na audiência com os parlamentares na CMM. “Queremos ter um relacionamento muito próximo”, disse.

David Almeida alertou que essas responsabilidades recaem agora sobre a sua gestão. E, por isso, pediu um apoio efetivo do Parlamento para tornar “Manaus uma cidade melhor para se viver”, frase que funcionou como principal mote de sua campanha durante a corrida eleitoral.

David explicou que cumprirá contratos da gestão anterior para poder otimizar a máquina administrativa. “Não temos ainda mecanismos suficientes de cobrança e fiscalização. A Câmara e a prefeitura precisam assumir protagonismo, fazendo e transformando os serviços públicos”, afirmou. “Nossa meta é implementar as ações de governança da iniciativa privada no que se refere a metas e resultados”, acrescentou o novo prefeito.

O vereador Joelson Silva, presidente da CMM, prometeu um parlamento ativo, participativo, para promover uma parceira com a nova prefeitura de Manaus. “David já dá mostras que terá uma relação estreita com a Câmara, e isso é muito importante. Conheço o David. Vejo o seu grande interesse de respeitar o parlamento e de ter afinidade. Ele já disse que a CMM vai ter participação importante na cidade de Manaus”, ressaltou.

Ontem, David Almeida informou que irá a Brasília para iniciar as conversações sobre a melhoria da Guarda Municipal, um dos projetos de seu plano de governo. “A nova estrutura de segurança do município deve trabalhar junto com a Polícia Militar”, afirmou

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email