10 de abril de 2021

Dafra e Haojue fazem transferência de tecnologia

A Dafra Motos apresenta oficialmente seu mais novo parceiro, a Haojue, empresa pertencente ao DCJ (Dachangjiang Group), maior fabricante de motocicletas da China e um dos líderes mundiais nesse setor

A Dafra Motos apresenta oficialmente seu mais novo parceiro, a Haojue, empresa pertencente ao DCJ (Dachangjiang Group), maior fabricante de motocicletas da China e um dos líderes mundiais nesse setor. O modelo de negócios da Dafra, que tem como uma das principais metas oferecer ao mercado produtos de qualidade a um preço acessível, foi constituído prevendo a associação da empresa brasileira a parceiros estratégicos internacionais.
Segundo o presidente da Dafra, Creso Franco, o conceito é estabelecer relações com grandes empresas do setor de duas rodas que possuem atuação global, grande experiência e excelência na área de Pesquisa & Desenvolvimento e que tenham real empenho em satisfazer plenamente os consumidores, inclusive os brasileiros. “Entendemos que para uma empresa jovem como a Dafra, nada mais natural do que procurar aprender com as melhores. Atuar no mercado brasileiro nos impõe inúmeros desafios, pois temos grandes marcas e um público exigente. Nossa associação à Haojue, e recentemente à TVS Motor Company, coloca-nos numa posição ainda mais competitiva para enfrentar esses e outros desafios”, disse ele.
Com quase duas décadas de história, a Haojue ocupa posição de destaque, sendo reconhecida durante três anos consecutivos como a Marca Top da China e alcançando números surpreendentes. “Desde 2003, somos o grupo número um da China, tanto em produção quanto em vendas. Para nós isso é um fato a se destacar, tendo em vista que concorremos com mais de cem fabricantes de motocicletas em nosso país”, explicou o diretor comercial do DCJ Group, Su Lifeng. “Apesar da crise mundial, o market share da companhia no mercado interno registrou crescimento entre janeiro e setembro deste ano, por isso estamos confiantes de que conseguiremos chegar ao volume planejado de 3 milhões de unidades produzidas e vendidas em 2009, número superior do que o alcançado em 2008, quando fabricamos 2,96 milhões de motocicletas”, ressaltou Lifeng.
Embora possa surpreender que a China tenha mais de uma centena de empresas em atuação, esse número tem fundamento. O país é atualmente o maior mercado de motocicletas do mundo e o maior fabricante e exportador de duas rodas do planeta. Somente em 2008, cerca de 16 milhões de unidades foram vendidas no mercado chinês e aproximadamente outras 10 milhões de unidades foram exportadas.
“Levando-se em consideração o volume de produção e vendas, o DCJ ocupa uma posição entre as cinco maiores fabricantes de motocicletas do mundo. No entanto, não acreditamos que apenas esses números podem definir a posição de uma companhia. Nossa meta é nos fortalecer cada dia mais para ser uma das marcas de motocicletas mais importantes do mundo em termos de qualidade, pesquisa & desenvolvimento e influência. E os resultados dos últimos anos mostram que estamos no rumo certo: obtivemos a liderança em vendas no mercado interno e a co-liderança em satisfação de clientes, junto com as empresas lideres mundiais que atuam em nosso país”, ressaltou o diretor.
“A Dafra é uma indústria brasileira jovem e dinâmica. Compartilhamos ideias semelhantes relacionadas à filosofia de trabalho, marketing e atendimento ao cliente. Acreditamos que a parceria entre DCJ/Haojue e Dafra resultará em progresso para ambas as empresas e na conquista de novos clientes a partir do lançamento de produtos altamente competitivos”, concluiu Lifeng.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email