2 de dezembro de 2021

Da contratação (!) e do cancelamento de serviços (oops!) (Parte 1)

Faz tempo, usuários, deparamo-nos com um rol de opções a escolher a alternativa desejada quando se trata de serviços de televisão, internet e o mais da espécie.

Nessa conformidade, alongam-se as hipóteses. Trate-se de televisão por assinatura, televisão fechada, televisão premium ou televisão por subscrição, é sempre um serviço de televisão com conteúdo exclusivo referente a uma plataforma multicanal ou a um único canal de pagamento.

Sucede, com bem se sabe, a sociedade de consumo – termo bem do agrado em especial dos sociólogos, – não sossega. Assim é que, metendo-se sem ser chamada, intromete-se no que a rigor não lhe diz respeito, implicando com os diversos serviços que estavam em curso cuidando da própria vida, eis que surge uma nova figura a se oferecer nesse meio que, na pia batismal, recebeu o nome de “Streaming”.

Se não é correta a observação, e mesmo quem sabe destemperada, paciência, ponha-se na conta da tumultuada gama de insights (…) que chega a toda hora à frente de todos, obrigando à deglutição.

O ali citado novo manejo, é uma forma de distribuição digital, em oposição à descarga de dados. A difusão de dados, geralmente em uma rede através de pacotes é, de comum, utilizada para distribuir conteúdo multimídia através da internet. Nesta configuração as informações não são armazenadas pelo usuário em seu próprio computador. Não são…

Nesse marcante cenário, voltado para serviços, a Netflix mostra-se como uma provedora global de filmes e séries de televisão via Streaming, setor que domina, mas isso se alterou por conta da presença de vários concorrentes tipo Amazon Prime e Disney+.

Sediada em Los Gatos, Califórnia, a empresa que surgiu em 1997 como um mero serviço de entregas de DVD Wikipédia, pelo Correio, conta atualmente com mais de 208 milhões de assinantes nos Estados Unidos. No Brasil, o público em 2020 postou-se 20% mais tempo em serviços tais. Segue-se, plataformas de streaming:

– Crunchyrol, versáteis vídeos de episódios novos que chegam após 1 hora de exibição no Japão, com legendas em português. Além disso, oferece-se também mangás (histórias em quadrinhos) para os assinantes.

– Vol Play, conhecido principalmente por seu site de notícias, este molde também entrou para o mundo dos streamings. Essa plataforma conta com filmes, séries, desenhos, shows e alguns canais com programação ao vivo. Dá-se que o assinante também pode alugar títulos que acabaram de sair das salas de cinema. Olha, só!

– AppliTV+, oferece promoções originais de peso, como The Morning Show, estrelado por Steve Carell, Jennifer Aniston e Reese Whitherspoon.  See, com Jason Monaco e Defending Jacob com Chris Evans. (Continua)

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email