Custos crescem 6,08% em 2007

O Sinapi (Índice Nacio-nal da Construção Civil), calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em convênio com a Caixa Econômica Federal, fechou o ano com alta de 6,08%, 0,95 ponto percentual acima do acumulado de 2006 (5,13%).

Em dezembro, o índice apresentou variação de 0,76% em dezembro, 0,28 ponto percentual acima do resultado de novembro (0,48%). Em relação a dezembro de 2006 (0,45%), o índice atual foi superior em 0,31 ponto percentual.

O custo nacional por metro quadrado evoluiu de R$ 601,15 (novembro) para R$ 605,71 (dezembro). Do total, R$ 347,73 foram relativos aos materiais e R$ 257,98, à mão-de-obra.

Em 2007, os materiais apresentaram variação de 5,25%, acima da observada em 2006 (4,12%). O mesmo ocorreu com a mão-de-obra, que cresceu 7,21%, pressionada pelos reajustes salariais, contra 6,55% em 2006. A região Sudeste teve a maior alta em dezembro (1,12%), pressionada pelo índice de Minas Gerais. Em seguida, veio a região Norte (0,86%). Os preços no Nordeste (0,48%), Sul (0,42%) e Centro Oeste (0,29%) ficaram abaixo do índice nacional.

O acumulado no ano de 2007 mais alto ficou com a região Nordeste (7,41%,), resultado influenciado pelo índice do componente mão-de-obra (9,93%).

A região Sul terminou o ano com a menor taxa (4,93%), tendo registrado a menor variação para os materiais (3,95%). Com relação aos custos regionais, os valores foram: Sudeste com R$ 641,95; Sul com R$ 595,92; Norte com R$ 595,50; Centro-Oeste com R$ 579,62; e Nordeste com R$ 568,91.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email