Cultura e comércio de município na região sul gaúcha atraem turistas

Inicialmente foi a população da região sul do Estado. Depois, chegaram gaúchos de outras localidades. Agora, começam a desembarcar em Jaguarão (RS), município distante 391 quilômetros de Porto Alegre, brasileiros vindos de outros Estados: Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Em pouco mais de quatro anos, a cidade, localizada na fronteira com o Uruguai, tornou-se um dos mais promissores destinos turísticos do Estado.

“A cidade tem sido beneficiada tanto pelos free shops existentes em Rio Branco, no outro lado da fronteira, quanto pelas iniciativas da prefeitura para promover o turismo na região”, destacou a gestora do APL (Arranjo Produtivo Local) de Turismo na Costa Doce, Jussara Argoud.

Impulsionado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa) no Rio Grande do Sul e pela AD Costa Doce (Agência de Desenvolvimento da Costa­ Doce), o APL contempla empreendimentos de hotelaria, gastronomia e artesanato em Jaguarão.

Os APLs são aglomerações de empresas localizadas em uma mesma região, que apresentam especialização produ­tiva e mantêm vínculos de ar­ticulação, interação, cooperação e aprendizagem entre elas e outros agentes locais, como governos, associações empresariais e instituições de crédito, ensino e pesquisa.

Expressão para o comércio

“Como o município não dispõe de indústrias e tem expressão local no comércio e no agronegócio, para a ­atual administração, o turismo é o principal setor para promover o desenvolvimento”, afirmou a secretária de Turismo da cidade, Carmem Passos. Atualmente, de acordo com ela, Jaguarão recebe cerca de 5.000 turistas por semana.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email