Criadores de Manacapuru estão otimistas com apoio do governo

AAmos (Associação dos Moradores de Sant Ana), no município de Manacapuru, colhe frutos do investimento de R$ 73, 14 mil,
realizado pelo governo do Amazonas,
por meio do CDH(Conselho de Desenvolvimento Humano ).O recurso garantiu a capacitação dos associados e a construção da estrutura básica para a observação
e produção de peixes em tanques – redes.A Amos conta com o acompanhamento técnico do Idam(Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas),
e também recebeu apoio do programa nacional Petrobras Fome Zero,
o qual investe em ações que priorizam a educação e geração de emprego e renda.A associação beneficia 22 famílias rurais de Sant
Ana, Laranjal e Bela Vista, localizadas no lago do Sant Ana, AS quais têm a pesca como principal atividade econômica,
responsável por 70 % da renda familiar das comunidades.[Nosso investimento leva aos cidadãos do interior oportunidades e condições para que eles aperfeiçoem suas técnicas e ampliem seus projetos e participem do desenvolvimento econômico],
comentou a presidente do CDH, Sandra Braga.Unidade de observação Com o apoio do CDH,
a Amos investiu na construção de uma unidade de observação para a criação de peixes, composta de 35 tanques – redes; um flutuante de apoio;
e na aquisição de equipamentos e capacitação das famílias para o manejo e produção de peixes em tanques – redes.Somente no período de implantação
do projeto – de outubro de 2006 a julho deste ano – a instituição já produziu cerca de dez toneladas de tambaqui – curumim.Para a presidente da associação,
Margareth Pereira, a produção surpreendeu AS expectativas, pois, nesse período,
a Amos centralizou suas atividades na capacitação das famílias para criação e manejo de peixes em tanque – redes,
com destaque para o estudo do desenvolvimento dos peixes no local, manejo e AS oportunidades de venda. “ Com o apoio do CDH,
conseguimos nos estruturar e vislumbrar possibilidades de crescimento para a nossa associação e, principalmente, para os nossos associados ”,
destacou Margareth.Com o investimento feito pelo CDH,
a associação de Manacapuru se estruturou e concorreu com outros 4.300 projetos de todo o Brasil ao programa Petrobras Fome Zero,
no qual foi a única selecionada do Amazonas entre 78 iniciativas aprovadas, e recebeu investimento de R$ 230 mil.Com o apoio da Petrobras,
a Amos construiu uma unidade de produção com mais 70 gaiolas,
adquiriu mais equipamentos e ampliou o flutuante de apoio.A estimativa da associação é aumentar em 50 % a produção,
equivalente a 25 toneladas de tambaquis até o fim do ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email