Covid-19 na casa do milhar

Até sexta-feira (10), 981 casos Covid-19 tinham sido registrados no Amazonas. Era uma questão de horas para bater a casa do milhar. O número total de óbitos no estado chegou a 50, com a confirmação de Covid-19 como causa de mais 10 mortes que estavam sendo investigadas, de óbitos que ocorreram entre os dias 5 e 9 de abril. Do total de casos de Covid-19 no Amazonas, 863 foram registrados em Manaus e 118 no interior do estado. Mais três municípios registraram casos positivos do novo Coronavírus: Anori, Maués e Tefé. Agora, além da capital, 16 municípios do Amazonas têm casos confirmados. O maior número de casos está em Manacapuru (62), em seguida Itacoatiara (11), Iranduba (11), Santo Antônio do Içá (7), Parintins (6), São Paulo de Olivença (5), Tonantins (3), Careiro da Várzea (2) e Presidente Figueiredo (2), Tabatinga (2), Anori (2). Cinco municípios têm um caso cada: Novo Airão, Manicoré, Maués, Boca do Acre e Tefé. O Estado lidera os índices proporcionais do país, tanto de testes positivos quanto de óbitos.

Uso racional

A Secretaria de Estado de Saúde afirmou que os insumos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) não estão em falta, mas tem orientado os gestores das unidades de saúde da rede estadual a fazerem o uso racional dos produtos.

Recursos humanos

O Governo do Amazonas está em processo de ampliação do quadro de recursos humanos no Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz, que ainda dispõe de leitos mas precisa de reforço de recursos humanos. A ampliação do quadro de médicos especialistas está sendo providenciada em parceria com o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano, organização social que administra o complexo de saúde.

Correria

Tanto o Governo do Estado quanto a Prefeitura de Manaus correm para ativar, ainda este mês, hospitais de campanha que apoiarão o tratamento dos pacientes de Covid-19. No Hospital Nilton Lins, técnicos do Estado trabalham a todo vapor. Na escola da zona Norte que será transformada em unidade de saúde é a equipe de técnicos de um hospital privado que se empenha para entregar o estabelecimento às autoridades de saúde.

Proteção

Uma parceria entre a Universidade do Estado do Amazonas e o Sindicato dos Peritos Oficiais do Amazonas proporcionará mais segurança para os peritos criminais, médicos legistas e odontolegistas que atuam no Instituto Médico Legal e em locais de crime com morte violenta. A UEA entregará ao sindicato 250 kits de Equipamentos de Proteção Individual e 100 protetores faciais, produzidos na própria universidade. 

Doações

A partir do engajamento das ações de arrecadações para o Hospital de Campanha, da zona Norte, e em atendimento à população de rua, a Prefeitura de Manaus deu início a mais uma etapa da campanha #Manaus Solidária para enfrentamento ao novo coronavírus. O Fundo Manaus Solidária recebeu doações de empresas e universidade, numa grande rede de solidariedade em combate à Covid-19.

Capacitação

Pensando nos empreendedores que estão em casa por conta do isolamento social, necessário para a prevenção do novo coronavírus, causador da Covid-19, a Prefeitura de Manaus lançou um edital do projeto  “Escritório do Empreendedor Virtual”, para a realização de mais de 116 capacitações, consultorias e atendimentos on-line, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

Solidariedade

Mulheres em situação de vulnerabilidade social, assistidas pelo Núcleo de Atendimento à Mulher da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vinculado à Comissão de Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher da Casa Legislativa, e que estavam em processo de capacitação profissional através do projeto Mulher Empreendedora, assim como as artesãs participantes da Feira da Mulher Empreendedora receberam, nesta semana, a doação de cinquenta cestas básicas de um supermercado.

Cocaína negra

Operação integrada entre a Polícia Civil, Polícia Militar, Receita Federal e Ministério da Justiça e Segurança Pública prendeu, em flagrante, cinco brasileiros fazendo o transporte de drogas no Rio Solimões, no Amazonas. Durante a ação foram apreendidos 630 quilos de entorpecentes, incluindo cocaína negra – narcótico nunca antes encontrado no estado.

Frases

“Já na vida adulta, ao fazer um curso, pedia para que os professores não a chamassem pelo primeiro nome com medo de possíveis brincadeiras dos colegas de classe.” Dinah Souza, juíza de Manaus, explicando por que autorizou uma mulher que se chamava Hittler a mudar de nome

“Não há mais vaga na UTI.” Plantonista do hospital Delphina Aziz, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email