Covid-19 desacelera no Amazonas

Os números de casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, hospitalizações e óbitos causados pela doença demonstram que a pandemia está em processo de desaceleração. Nesta semana, o número de hospitalizações caiu 83% em relação à semana passada, e os óbitos tiveram redução de 81%, de acordo com indicadores da Fundação de Vigilância em Saúde.  Apesar da redução nos indicadores, a diretora da FVS ressalta que é necessário continuar com as medidas de distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel. Com 50.011 casos em 61 municípios, a pandemia no interior do Amazonas também apresenta desaceleração. E com o plano de reabertura de estabelecimentos comerciais em ciclos adotado desde 1º de junho, os dados epidemiológicos apontam que não houve impacto negativo no número de novos casos. Com a reabertura do segundo ciclo, agora é o período de avaliação desse impacto. São 15 dias para chegar a uma conclusão.

COMISSÃO

Os blocos partidários da Assembleia Legislativa indicam hoje os nomes dos 17 deputados que vão compor a Comissão Especial Processante que vai avaliar a denúncia de crime de responsabilidade contra o governador Wilson Lima (PSC) e o seu vice, Carlos Almeida Filho (PTB). O prazo seria ontem, mas um acordo de líderes adiou por mais um dia.

SURPRESA

Ao iniciar as atividades de ontem na Assembleia Legislativa do Amazonas o presidente Josué Neto (PRTB) anunciou que a Comissão Parlamentar de Inquérito da Educação, de propositura do deputado Wilker Barreto (Podemos), alcançou o número mínimo de oito assinaturas necessárias para sua criação. Só não será instalada ainda por problemas administrativos.

MELHOR

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), disse que “o pior já passou”, referindo-se à recuperação contra a Covid-19. Ele e a primeira-dama, Elisabeth Valeiko Ribeiro, testaram positivo para doença provocada pelo novo coronavírus no último dia 29 de junho. A gravação foi feita direto do hospital paulista Sírio Libanês, onde o prefeito realiza check-up e conclui o tratamento da Covid-19.

RAÇA

O Ministério Público Federal recomendou ao Ministério da Saúde, ao Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde e à Secretaria de Vigilância em Saúde a adoção, em até 15 dias, de medidas operacionais necessárias para tornar obrigatório o preenchimento por autodeclaração do campo raça/cor e implementar, com obrigatoriedade de preenchimento por autodeclaração, o campo etnia nos sistemas e-SUS Notifica e no Sistema de Informação de Agravos de Notificação. É uma forma de evitar a subnotificação da Covid-19 entre os índios.

AÇÃO CIVIL

O Ministério Público Federal também anunciou ontem que ajuizou ação de improbidade administrativa contra o atual titular da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Luis Fabian Pereira Barbosa, e os ex-secretários estaduais de Educação Luiz Castro Andrade Neto e Vicente de Paulo Queiroz Nogueira, que descumpriram os princípios da eficiência e da legalidade ao renovarem de forma ilícita o contrato de transmissão de aulas do Centro de Mídias da secretaria.

QUILOMBOLAS

Amanhã, às 18h, será realizado o Festival Afro-Amazônico Virtual, com a participação de artistas, mestres populares, indígenas, quilombolas e manifestações culturais em uma transmissão no YouTube (canal Instituto Cultural Ajuri – Inca). A live marca a data de abolição da escravatura no Amazonas e também apoiará a campanha “Amazônia Contra a Covid”, que busca arrecadar recursos em apoio a comunidades indígenas localizadas em municípios onde a Universidade Federal do Amazonas desenvolve atividades acadêmicas.

TESTAGEM

Os mais de 11 mil professores que atuam na rede de ensino da Prefeitura de Manaus passam por testagem rápida para identificar a Covid-19. A medida iniciada ontem é pioneira na esfera educacional e faz parte do protocolo de retorno às aulas presenciais da Secretaria Municipal de Educação, com data a ser definida. O ciclo prevê um diagnóstico dos funcionários públicos que estarão na linha de frente nas próximas medidas de segurança adotadas pela capital.

QUEIMADAS

O Tribunal de Contas do Amazonas promoveu uma reunião com órgãos de gestão e controle ambiental, para discutir e avaliar a agenda de combate ao desmatamento e queimadas no Estado nos últimos 45 dias. A reunião faz parte das ações do comitê interinstitucional criado pela Cortes de Contas, em fevereiro deste ano, que busca dar continuidade às ações de preservação que vem sendo feita pelos órgãos.

FRASES

desaceleração

“Entramos agora no ritmo de desaceleração (da Covid-19), não só em Manaus, mas como na maioria dos municípios do estado.” Rosemary Pinto, diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas

arrecadação

“Os poderes cresceram muito a despesa nos últimos 10 anos.” Serafim Corrêa (PSB), deputado estadual, ao apresentar levantamento em sessão da Assembleia Legislativa

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email