6 de maio de 2021

Corretoras são fundamentais para operações de trading

São vários os atores do mercado financeiro e cada um deles tem um papel importante para que as operações ocorram de maneira segura e válida. As corretoras de investimento possuem um papel fundamental e possuem várias funções. 

Com tantas opções no mercado, operadores iniciantes de trading sentem-se perdidos, muitas vezes porque não conhecem como funcionam as atividades das corretoras e como elas podem ser de extrema importância para o setor.

O mercado financeiro

O mercado financeiro é onde ocorre a compra e venda de produtos financeiros, podendo ser ações, moedas, títulos, derivativos, commodities e tantos outros.

O ambiente em que se dá a compra e venda de produtos financeiros permite que investidores e tomadores “se encontrem” para realizar uma transação por meio de uma corretora e baseado em leis estabelecidas nos países.

Atualmente o mercado pode ser dividido em:

  • Mercado de crédito;
  • Mercado de câmbio;
  • Mercado de monetário;
  • Mercado de capitais.

No Brasil, as instituições que regulam o mercado financeiro são:

  • Banco Central;
  • CVM – Comissão de Valores Mobiliários;
  • CMN  – Conselho Monetário Nacional;
  • Agentes de Intermediação – bancos, corretoras, administradoras de consórcios e outras instituições.

Como funcionam as corretoras no mercado trading?

As corretoras possuem diversas funções, mas a principal delas é fazer o intermédio de compra e venda através de uma plataforma. Nos últimos anos, a maioria das corretoras (senão todas) permitiram a possibilidade de investimento pela internet, o famoso home broker, que antes era chamado de supermercado financeiro.

As corretoras possuem diversas funções e isso pode variar. Muitas atuam com análise financeiras, equipes especializadas, orientação para os investidores, plataformas com funcionalidades diferentes.

As empresas que atuam com corretagem possuem taxas e variam conforme os serviços oferecidos pela instituição.

Fiscalização das corretoras 

No Brasil, as corretoras precisam de autorização do Bacen – Banco Central para iniciar suas atividades. Depois disso, haverá uma fiscalização contínua da CVM (Comissão de Valores Mobiliários e BM&FBovespa e o próprio Banco Central.

Para as corretoras de Forex, por exemplo, existem pouquíssimas disponíveis no Brasil. A maioria das empresas de corretagem dessa modalidade de investimento financeiro estão sediadas na Europa, onde existem leis regulamentadoras de atuação e fiscalização das casas de corretagem financeiras.

Como escolher uma boa corretora?

A escolha de uma boa corretora é muito importante para quem vai iniciar no mercado financeiro. Com tantas opções disponíveis, é difícil fazer uma análise de qual é a melhor. Existem alguns quesitos importantes para se avaliar na hora de decidir a plataforma para fazer investimento.

Se você tem dúvidas sobre corretoras e tem interesse em conhecer mais sobre trading, leia a crítica especializada aqui

Escolher a melhor empresa de corretagem para as suas necessidades precisa de uma boa avaliação e paciência, afinal, existem muitas opções disponíveis. Os principais pontos para escolher uma boa corretora são:

Confiabilidade

Para saber se uma corretora de trading é confiável é necessário verificar se ela está regulamentada no país de origem. Geralmente as informações de cadastro e regulamentação estão no site.

Caso não encontre nenhuma informação disponível, faça uma busca em sites de pesquisa ou nos sites especializados. 

Verificar em fóruns e blogs que tratem do assunto também é uma boa forma de avaliar a reputação de uma empresa. Existem também os famosos sites de reputação, onde é possível encontrar reclamações de outros clientes.

Taxas

As taxas de corretoras variam conforme funcionalidade e outros quesitos. Para escolher uma boa empresa de corretagem, vale a pena fazer uma comparação entre os benefícios e o custo. 

Funcionalidades

As corretoras que atuam com home broker possuem muitas funcionalidades, que podem variar, mas, muitas oferecem basicamente as mesmas, que são:

  • Acompanhamento das ordens e dos pedidos;
  • Compra e venda de ações, derivativos e outros;
  • Acompanhamento, em tempo real, de cotações;
  • Análise da carteira e saldo do cliente.

Para escolher uma boa corretora, avalie as funcionalidades e verifique qual plataforma possui melhor usabilidade. Se preferir, peça uma conta de demonstração para um teste prático.

O que os outros clientes estão falando?

Como você leu anteriormente, a confiabilidade da empresa de corretagem é fundamental. Depois de já ter analisado os quesitos anteriores, busque investidores da plataforma por meio de mídias sociais e fóruns e descubra o que eles estão falando da experiência com aquela corretora/plataforma.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email