Corregedoria deve apurar invasão policial

O deputado Ângelus Figueira (PV), presidente da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Idoso da Assembleia Legislativa do Estado, vai pedir hoje, 25, em plenário, o apoio dos colegas para que o motivo da invasão à residência do presidente da Associação dos Policiais Federais no Amazonas, Nelson Oliveira, seja apurada pela Corregedoria das Polícias Civil e Militar e não pelo 10º. DIP (Distrito Integrado de Polícia), conforme estava programado.
Explicou o deputado que não faz sentido a apuração ser feita pelo 10º. DIP, de vez que o seu delegado-titular foi um dos que comandou a invasão.

Depois da Corregedoria, o que ficar apurado será enviado ao Ministério da Justiça para as devidas providências, declarou o vice-presidente da Comissão, Luiz Castro (PPS).
Essas decisões foram tomadas ontem, no auditório Beth Azize da ALE, com a presença de representantes das Polícias Federal, Militar e Civil, Ministério Público estadual e federal, Secretaria de Segurança Pública do Estado, Comando Geral da Polícia Militar e OAB/AM (Ordem dos Advogados do Brasil, seção do Amazonas), dentre outros, para que o fato ocorrido no dia 22 de janeiro deste ano, seja apurado com bastante rigor e atenção.

Com relação a isso, todos os órgãos e entidades que participaram da reunião do 4º. Andar da ALE, presidida pelos deputados Ângelus Figueira e Luiz Castro, respectivamente, presidente e vice da Comissão, concordaram com essa decisão que amanhã (25), deverá ser sacramentada com o pedido a ser feito por Ângelus Figueira aos seus pares.

Todos os representantes dos órgãos envolvidos na questão foram unânimes em apoiar as decisões da mesa-diretora dos trabalhos, inclusive o presidente da Federação Nacional da Polícia Federal, Marcos Vinícius de Souza Wink, que disse compreender a preocupação dos deputados e autoridades locais, com o aumento do índice de criminalidade no Estado do Amazonas e, principalmente, nesse episódio, onde uma senhora, sogra de um policial, foi vitimada pela barbaridade, segundo ele.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email