Corecon/AM dá posse a nova diretoria

O Conselho Regional de Economia (Corecon-AM) realiza nesta sexta-feira, 26, às 19h, cerimônia de posse dos novos conselheiros, assim como ainda da presidência e da vice-presidência da entidade. A solenidade acontece no auditório da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), localizada na avenida Joaquim Nabuco, Centro.

Como presidente do Corecon, será empossado o economista Erivaldo Lopes do Vale, que está no seu segundo mandato à frente do Conselho. E como vice-presidente, assume o economista Edson Nogueira Fernandes Júnior, conselheiro titular da entidade. Eles foram indicados pelo colegiado de conselheiros, durante a primeira plenária, realizada no mês de janeiro deste ano.

Para o triênio 2010-2012, foram eleitos pelo voto direto dos economistas associados os conselheiros efetivos: José Guilherme Fonseca de Azevedo, Ailson Nogueira Rezende e Francisco de Assis Mourão Junior. Já como conselheiros suplentes, têm-se: Herlon Paes de Almeida, Alessandra de Moura Cadamuro e Bianca de Alencar Mourão.

Plano de Ação

O Corecon, como todo Conselho de Classe, tem em função macro e obrigatória de fiscalizar o mercado de trabalho, a ética, e as atividades desenvolvidas pelo profissional de economia. No entanto, as demandas da sociedade exigem mais aproximação com a mesma.

Com esse propósito, o presidente do Conselho, Erivaldo Lopes, apresenta um plano de ação imediata: consolidar a credibilidade na sociedade junto ao conselho, com ações voltadas para discussão das questões sócio-econômicas no Amazonas; debater com a sociedade sobre os caminhos da economia regional, como ainda discutir com os possíveis candidatos ao executivo do Estado, a fim de “clarear“ esses novos caminhos. “Iremos nos posicionar com definições técnicas e independentes de políticas partidárias. Até as eleições, a sociedade tomará conhecimento de um documento que o Corecon também disponibilizará aos candidatos ao cargo majoritário do Estado”.

Além disso, a entidade está com um pacote de cursos para trabalhar na capacitação do economista, seja do setor público como privado – cursos esses que serão ministrados por professores do Rio de Janeiro, que já ministram aulas no Corecon-RJ, nas áreas do meio ambiente, economia da energia, avaliação de investimentos, orçamentos e finanças públicas. O conselho também quer concluir, imprimir e, finalmente, distribuir cartilhas com dicas de economia domésticas para sociedade, bem como uma cartilha tratando do PPA (Plano Plurianual), da LOA (Lei Orçamentária Anual) e da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). Para este ano, também pretende-se desenvolver a primeira revista tratando da Conjuntura do Estado do Amazonas.

Por todo esse esforço que se pretende fazer em 2010, é que o presidente do Corecon conclama os novos conselheiros da entidade para contribuir com a categoria, a fim de melhorar cada vez mais as atividades da entidade, além de prestarem serviços relevantes à sociedade. “O Corecon é uma entidade muito demandada. E, algumas vezes, não temos “pernas” para estar presente em todos os locais, seja para participar de eventos ou debates, representar a categoria em uma entidade ou ainda conceder entrevistas à imprensa”, justifica Erivaldo Lopes.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email