Coquetel marca inauguração

A partir desta quarta-feira, Manaus ganha seu mais novo centro de compras, o Shopping Ponta Negra, que inaugura hoje, às 19h, com um disputado coquetel para convidados. Na quinta-feira, a partir das 10h, abre suas portas para o grande público com novidades em entretenimento, como os modernos cinemas da rede Cinépolis, com telas de última geração. Além disso, traz lojas exclusivas e restaurantes inéditos na capital.
De acordo com o gerente de marketing, Rafael Fiedler, nessa primeira fase, o shopping contará com 200 lojas de marcas nacionais e internacionais, distribuídas em três pisos. E deve produzir mais de 2 mil novos postos de trabalho, cerca de 1.000 a 1.500 empregos serão gerados pelas empresas e serviços. “São 37.000 m² num mix de compras, gastronomia e entretenimento, além das salas de cinema VIPs (3D), restaurantes, salão de beleza e um espaço destinado exclusivamente para às crianças. Posteriormente, na outra etapa, poderá ser ampliado para até 47.000 m²”, explica Fiedler. O empreendimento também oferecerá bancos, caixas eletrônicos, quiosques de informações turísticas e lojas de telefonia, além de mais de 1.700 vagas de estacionamento com administração própria, o que trará mais segurança ao cliente, pois não haverá grupos terceirizados. Para estacionar, serão oferecidos 30 minutos de tolerância e, a partir disso, o usuário segue os valores da tabela de permanência (de acordo com o mercado). Até três horas será cobrado R$ 5. E a cada hora excedente, o custo será de R$ 2,50.
A JHSF é a empresa responsável pelo planejamento e desenvolvimento do empreendimento, cuja comercialização é realizada pela mesma, em parceria com a ‘Metro’ –especializada no desenvolvimento, planejamento e comercialização de shopping centers. Atuando nos mais importantes centros comerciais do país, a incorporadora FPAR, dona de um dos melhores land bank (estoque de terreno) em áreas nobres de Manaus, é sócia da JHSF no Ponta Negra. O investimento chegou perto dos R$ 197 milhões.
A JHSF escolheu a área da Ponta Negra como porta de entrada no mercado amazonense por ser um local com grande potencial de consumo e alto crescimento imobiliário. Além de Manaus ser a sexta cidade mais rica do país e, portanto, o principal centro comercial da região Norte. O diferencial do Shopping Ponta Negra é que ele será o primeiro e único da cidade integrado a um empreendimento de uso misto em larga escala, denominado “Parque Ponta Negra”, com área residencial desenvolvido num terreno com cerca de 84.500 m². (Em breve, o empreendimento também contará com sete torres residenciais e um flat).

Arquitetura & decoração

O escritório André Sá e Francisco Mota Arquitetos, um dos mais experientes em shopping centers no Brasil, responde pelo projeto arquitetônico do mais novo centro de compras de Manaus. O paisagismo é assinado pela renomada Maria João Dorey, que tem em seu currículo o projeto do ‘Cidade Jardim’, na grande São Paulo, e da ‘Fazenda Boa Vista’. “O shopping Ponta Negra tem um projeto moderno e charmoso, com ar cosmopolita e vista privilegiada para agradar os gostos mais exigentes”, afirma.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email