A empresa Azul Linhas Aéreas Brasileiras informou hoje que adotará a tarifa-teto de R$ 999 para passagens aéreas durante a Copa do Mundo.
A tarifa-teto significará uma perda de R$ 20 milhões no faturamento da empresa em 2014, informou o presidente da companhia, David Neeleman, em coletiva de imprensa.
Como mostrou reportagem da Folha de S.Paulo, em outubro, bilhetes aéreos para o período do evento chegavam a custar dez vezes mais do que em outros dias.
Malha aérea
Em dezembro, as companhias aéreas solicitaram 1.523 voos regulares extras para atender a demanda da Copa, no período de 6 de junho a 20 de julho. Os pedidos estão sendo analisados pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), que deve divulgar as autorizações no dia 15 de janeiro.
A partir desta liberação da Anac é que as empresas poderão iniciar a venda dos bilhetes. O melhor momento para comprar passagens para esses voos será justamente na hora em que os bilhetes entrarem no sistema de venda das empresas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email