Convênio beneficia Estado da Bahia com cerca de R$ 20 mi

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, assinou, na quinta-feira última, três convênios que vão potencializar o turismo na Bahia. Trata-se da liberação de R$ 16,8 milhões para recuperação de patrimônios históricos do Centro Histórico de Salvador; de R$ 1,9 milhão para elaboração do Plano de Ação Educacional, Profissional e de Qualificação para a região da Costa dos Coqueiros; e de R$ 1,1 milhão para pesquisa de implementação do programa de Turismo Étnico Afro da Bahia.
“Turismo se faz com investimento em infra-estrutura sem esquecer da qualificação profissional, pois, sem isso, o turista não se interessa pelo destino. Esta visita à Bahia é para trazer recursos de quase R$ 20 milhões para o Estado e, também, para avaliar o que a região tem e o que ela ainda precisa”, afirmou Marta.

A agenda da ministra do Turismo na Bahia começou pelo município de Cachoeira, onde Marta Suplicy, o governador da Bahia, Jaques Wagner, e a representante da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte, Estelita Santana, assinaram o ato de R$ 1,1 milhão para incrementar o turismo étnico afro do Estado.
“A Bahia é o maior representante do Brasil do ponto de vista afro. Percebemos que existe muita curiosidade do turista, principalmente o norte-americano com ascendência afro, em relação à música, cultura, costumes, rituais religiosos e raízes africanas. A Bahia tem todas essas preciosidades para oferecer”, complementou a ministra Marta. Suplicy.
A assinatura ocorreu durante as comemorações de agradecimento a Nossa Senhora da Boa Morte pela libertação dos negros com a abolição da escravatura.
Já em Salvador, Marta Suplicy assinou convênio para recuperação de patrimônios históricos do Centro Histórico de Salvador com recursos do Ministério do Turismo, liberados por meio do Prodetur Nordeste 2 (Programa de Desenvolvimento do Turismo).

Monumentos históricos

“A recuperação de patrimônios históricos é indispensável para o turismo”, disse a ministra. Os monumentos que serão beneficiados com a liberação dos R$ 16,8 milhões são: Casa das Sete Mortes, Palácio Rio Branco, Igreja do Boqueirão, Igreja do Pilar e Cemitério, Cruz do Pascoal, Igreja N.S. Rosário dos Pretos e Portal da Misericórdia.

Qualificação é lembrada

Ainda na capital baiana, a ministra do Turismo assinou convênio de R$ 1,9 milhão para a elaboração de Plano de Ação Educacional e Profissional e Qualificação Profissional e Empresarial para a região da Costa dos Coqueiros. “Só o turismo emprega tanta gente e, ainda, oferece muitas oportunidade de crescimento profissional. Qualificar a mão-de-obra neste setor é um investimento com significante retorno para o país”, disse a ministra. Alguns municípios baianos que se beneficiarão com essa medida são Lauro de Freitas, Camaçari, Mata de São João, Entre Rio, Esplanada, Conde e Jandaíra.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email