Contratos no Estado são onerosos, afirma Ipea

Estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Apli-cada) mostra que o pedágio das rodovias Anhanguera e Bandeirantes teve um au­mento real de 204% no perío­do de 1994 a 2006 em relação ao IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe.

Segundo Carlos Campos, um dos autores do estudo, um dos fatores que explicam a alta de preços é o fato dos contratos serem indexados ao IGP-M (Índice Geral de Preços ao Mercado), usado no reajuste de aluguéis. “É um indicador mais sensível ao câmbio e como tem em sua composição 60% de preços no atacado, é mais sensível a choques de oferta”.

Outro ponto que contribui para encarecer ainda mais a tarifa repassada ao consumidor nas rodovias estaduais de São Paulo é o uso da outorga na licitação. A melhor forma de licitar é pelo menor preço. O governo concede porque não tem dinheiro para recuperar e manter estradas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email