17 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Conselho Internacional do Café reúne-se em Londres

A situação do mercado cafeeiro, as ações para o desenvolvimento do produto e as projeções de oferta e demanda para 2015 são alguns dos temas que serão tratados na 106ª sessão do Conselho Internacional do Café, em Londres

A situação do mercado cafeeiro, as ações para o desenvolvimento do produto e as projeções de oferta e demanda para 2015 são alguns dos temas que serão tratados na 106ª sessão do Conselho Internacional do Café, em Londres. Entre 28 e 31 de março, os assuntos serão debatidos por especialistas do setor e representantes do governo. “Será a oportunidade de discutirmos as políticas nacionais do café para os próximos anos e realizarmos um balanço do biênio 2009/2010 para o setor”, explica o diretor do Departamento do Café, Robério Silva, que será um dos representantes do Ministério da Agricultura na reunião e é o candidato brasileiro para dirigir a instituição. Também estará em Londres, o assessor especial do ministro Wagner Rossi, Gerardo Fontelles.
Na próxima semana, os representantes do Ministério da Agricultura também vão debater o novo AIC (Acordo Internacional do Café) de 2007, que entrou em vigor em fevereiro de 2011. Nesta versão, ficou estabelecido que um Comitê de Projetos vai passar a analisar todas as ações de pesquisa que serão discutidas na OIC (Organização Internacional do Café).
A próxima reunião do Conselho Internacional do Café será realizada no período de 26 a 30 de setembro deste ano, em Londres. Na ocasião, será eleito o novo diretor-executivo da Organização. Na condição de candidato ao posto, Robério Silva já visitou a Colômbia e acaba de retornar do Vietnã. Os dois países já declararam voto de apoio à candidatura brasileira.

Maior produtor

O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café. Nos meses de janeiro e fevereiro de 2011 as vendas do produto alcançaram US$ 1.2 bilhão, contra US$ 725.5 milhões, no mesmo período de 2010.
O AIC (Acordo Internacional do Café) de 2007 regula a cooperação internacional relacionada às questões cafeeiras. Trata-se do 7° acordo pactuado desde 1962, que terá vigência por dez anos, podendo ser prorrogado por mais oito. A ação prevê o incentivo à qualidade dos grãos nos países produtores, a expansão sustentável da cultura e os instrumentos de crédito diferenciados para o setor.
A OIC (Organização Internacional do Café) é um organismo intergovernamental, criado com o apoio das Nações Unidas, para servir à comunidade cafeeira internacional.
Criada em 1963, a OIC reúne países produtores e consumidores de café. Com sede em Londres, conta com 77 países membros – sendo mais cinco incluídos em 2010: Lêmen, Libéria, Timor-Leste, Tunísia e Turquia, que vão ampliar a representação geográfica de produtores e consumidores no novo acordo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email