16 de abril de 2021

Conselho aprova mudanças contábeis no balanço das instituições financeiras

O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou na quinta-feira mudanças para adequar os balanços de instituições financeiras às normas internacionais de contabilidade e à Lei das Sociedades Anônimas

O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou na quinta-feira mudanças para adequar os balanços de instituições financeiras às normas internacionais de contabilidade e à Lei das Sociedades Anônimas.
A principal alteração é a obrigação de que essas instituições dêem uma destinação aos lucros obtidos em um determinado período, na forma de aumento de capital, distribuição de dividendos ou constituição de reservas.
Hoje, esse dinheiro pode ficar em uma conta chamada conta de lucros ou prejuízos acumulados.
Segundo o CMN, em relação ao dinheiro já acumulado nessa conta, foi estabelecido um prazo para que haja uma destinação desses recursos até 2010, observando as três possibilidades já citadas. O CMN informou que esse dinheiro soma hoje R$ 32 bilhões no sistema financeiro. A mudança é apenas contábil e não afeta financeiramente as instituições financeiras.
Outra alteração determina que os bancos passem a divulgar em seus balanços Demonstrações de Fluxos de Caixa em lugar da Doar (Demonstração das Origens e Aplicações dos Recursos) a partir de dezembro de 2008, como já acontece com as empresas S.A e grandes empresas desde 2007.
O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou na quinta-feira a proposta de decreto presidencial para cancelar a autorização de funcionamento do BankBoston no Brasil.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email