Conheça a cirurgia que transforma a face e uma vida

Muitas pessoas tem um desenvolvimento ósseo facial fora do padrão ideal, com desarmonias esqueléticas e dentárias. Para este problema existe uma solução através de uma cirurgia denominada ORTOGNÁTICA. Por ser um profissional da saúde que visa proporcionar melhorias na qualidade de vida dos meus pacientes e sendo professor universitário com a prerrogativa de saber cientificamente como se procede, nestes casos, gosto de explicar e elucidar os conhecimentos na área da bucomaxilofacial a todos os meus pacientes e alunos.

ORTOGNÁTICA é o nome genérico dado a um procedimento cirúrgico odontológico que visa restabelecer um padrão facial normal em pacientes. Sempre associada ao tratamento ortodôntico que irá acertar o posicionamento dos dentes, o passo cirúrgico irá corrigir o posicionamento do osso para propiciar melhorias estéticas faciais e funcionais dos pacientes que anseiam pela solução do problema.

Quando o crescimento dos ossos da face se dá fora dos padrões ideais anatômicos, usa-se a alternativa de reposicionar os ossos da face cirurgicamente, então neste caso é sugerido esse tratamento. A cirurgia ortognática está indicada para pacientes cuja solução não pode ser propiciada apenas pelo tratamento ortodôntico, fazendo valer seus benefícios de procedimento cirúrgico reparador.

Levando em consideração essa conjectura é importante salientar que esse tipo de cirurgia será realizada em hospital com anestesia geral e por um cirurgião especialista em CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL. 

Uma pergunta que sempre escuto dos meus pacientes ou alunos é se a cirurgia ortognática é sempre igual. A resposta é não, uma vez que cada paciente é um ser único, assim segue abaixo alguns exemplos de tipos de ortognática: 

Classe II: É realizada para correção do posicionamento da Maxila, parte media da face, que por consequência acaba também alterando a estética e posição do lábio superior e do nariz. 

Classe III: É realizada para correção do posicionamento da Mandíbula, parte inferior da face, que por consequência acaba também alterando a estética e posição do lábio inferior e do queixo. 

Mentoplastia: É a cirurgia realizada para correção do posicionamento do queixo, podendo ser feita por meio de reposicionamento ósseo ou por meio de próteses de mento. 

Ortognática de Laterognatismo: É a cirurgia realizada para correção do posicionamento da Maxila e da Mandíbula, partes media e inferior da face, que por consequência acaba também alterando a estética e posição dos lábios superior e inferior, do nariz e do queixo.

Independente do caso todos são planejados em programa virtual 3D, por meio de fotografias faciais, estudos analíticos da face do paciente, uso de tomografia 3D da face e uma minuciosa entrevista para saber os desejos e expectativas do paciente. O tempo de internação hospitalar é de 24 horas e o pós operatório consiste de repouso absoluto por sete dias, normalmente não há dor, apenas a presença de pequeno edema, mas muito irá depender da colaboração do paciente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email