Confiança do consumidor tem nova queda em novembro nos EUA

A confiança dos consumidores americanos na economia dos EUA registrou queda neste mês, ficando em 87,3 pontos (menor nível desde outubro de 2005, quando ficou em 85,2), contra 95,2 em outubro, informou o instituto de pesquisa Conference Board.

Segundo a diretora de pesquisa do instituto, Lynn Franco, a queda se deveu à retração no índice de expectativas do consumidor para os próximos seis meses -que passou para 68,7 pontos, contra 80 em outubro.

“A preocupação dos investidores quanto ao cenário econômico de curto prazo vem sendo impulsionada pela volatilidade no mercado financeiro, pela alta nos preços da gasolina -e pelo risco de contas mais altas de calefação doméstica neste inverno”, disse a diretora.

Os entrevistados que disseram esperar uma piora na situação da economia americana passaram de 13,9% para 16,7%. Já os que esperam uma melhora passaram de 14% para 12,4%.

Apesar do pessimismo mostrado pelos indicadores geral e de expectativas, o índice de avaliação da situação atual da economia -mesmo tendo recuado de 118 pontos em outubro para 115,4 neste mês- sugere, segundo o instituto, que a economia ainda se mantém em ritmo de expansão, ainda que lenta.

“Apesar do cenário bastante fraco, os consumidores não perderam o otimismo e pretendem gastar mais em presentes nesta temporada do que fizeram no Natal de 2006”, informou o Conference Board.

Os entrevistados que disseram que as atuais condições da economia estão boas recuaram de 23,2% em outubro para 22,3% neste mês. Os que julgam que a economia americana está em um mau momento passaram de 16,6% no mês passado para 19,1% neste.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email