Confiança do Consumidor sobe 2,8%, aponta FGV

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) da FGV (Fundação Getulio Vargas) teve alta de 2,8% neste mês, passando para 111,4 pontos, contra 108,4 pontos em junho. O resultado, assim, se aproxima do patamar de setembro de 2008, quando estava em 111,7 pontos (dados com ajuste sazonal).Os dados foram divulgados nesta quinta-feira.
O ISA (Índice da Situação Atual) elevou-se em 2,8%, de 107,9 para 110,9 pontos. O IE (Índice de Expectativas) avançou pelo quinto mês consecutivo, em 2,9%, alcançando 111,8 pontos, o maior nível desde maio de 2008 (112,7 pontos).
A avaliação feita em julho pelos consumidores em relação à situação econômica local presente foi a mais favorável desde setembro de 2008. A proporção dos que a avaliam como “boa’’ foi de 11,5% do total; já a dos que a julgam “ruim’’ ficou em 34,9%. Em setembro passado, os indicadores haviam sido de 16,6% e 35,1%, respectivamente.
As expectativas em relação à situação financeira da família nos próximos seis meses foi o item que mais contribuiu para a elevação do ICC neste mês. Entre junho e julho, a proporção de consumidores que preveem melhora aumentou de 32,7% para 35,7%; já a parcela dos que esperam uma piora diminuiu de 5,4% para 4,8%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email