3 de dezembro de 2021

Como as plataformas de cassinos “estrangeiras” vêm ocupando mais espaço no Brasil

Enquanto especialistas apontam que o Brasil pode enfrentar a maior crise econômica da sua história, devido a fatores como instabilidade política e perspectiva ruim de diversos setores, muitos se apoiam na legalização dos cassinos no Brasil como uma alternativa para oferecer mais postos de trabalho, contar com o investimento de capital estrangeiro, aumentar o número de turistas e propiciar mais arrecadação de impostos.

No entanto, a burocracia típica brasileira, somada ao entrave político, principalmente por conta da frente parlamentar conhecida como bancada evangélica, acaba por criar uma série de empecilhos e adiamentos em tal regulamentação, que, em uma projeção aponta-se apenas como uma questão de tempo.

Atualmente, diversas empresas do setor de jogos já exploram e sondam os apostadores brasileiros através das suas plataformas virtuais, operando através de cassinos online, ofertando uma série de jogos e entretenimento adulto.

É importante salientar que este tipo de operação não implica em nenhum tipo de contravenção, tendo em vista que as empresas operam seguindo uma série de regulamentações e auditorias dos locais onde estão estabelecidas fisicamente, como, por exemplo, a Europa Casino, que possui o seu serviço operado pela Universe Entertainment Services e é, por isso, uma empresa segura e confiável.

No entanto, como não existe tal regulamentação, não cabe aos cofres públicos do Brasil nenhum recolhimento a não ser o proveniente das declarações de Imposto de Renda dos apostadores brasileiros que obtêm lucro de forma contínua e substancial.

Impacto do interesse dos cassinos online no mercado brasileiro

Porém, como também surge um interesse muito grande de jogadores brasileiros nas plataformas online, principalmente os interessados em apostas esportivas, realizando operações em sites de cassinos, nomeadas como trading esportivo, o número de recolhimento em Imposto de Renda também tem aumentado, o que gera dois movimentos bem marcantes.

Com o número de apostadores brasileiros cresce o interesse das empresas de apostas em fomentar ainda mais o mercado nacional e explorar tal interesse, basta notar o montante crescente de sites deste segmento patrocinando times de futebol, uma das paixões nacionais, em busca de um alcance maior deste público.

Outro movimento importante é o político, que também nota essa tendência e se apressa para adiantar tal regulamentação, para que assim mais impostos possam ser arrecadados e os cofres públicos passem a arrecadar quantias mais significativas.

Já aos apostadores brasileiros, só resta esperar e, por hora, se divertir com o entretenimento provido pelos cassinos online, se lembrando sempre de que, quando obtiver lucros substanciais a quantia deve ser declarada para o devido recolhimento, assim como ocorre em qualquer outra modalidade de investimento, seja na operação de bolsa de valores, mercado imobiliário, dentre outros.

Enquanto isso, todos aguardamos para que entraves políticos, burocracias e dogmas religiosos não atrasem a recuperação financeira do país e que a economia possa ser aquecida em todos os setores com a regulamentação dos cassinos para operarem fisicamente no Brasil, oferecendo mais postos de empregos, atraindo investimentos estrangeiros e também turistas, que fazem os empreendimentos de varejo e serviço se movimentarem mais.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email