Comitiva do Equador participa de reunião em Manaus, na quinta

O ministro de Transportes e Obras Públicas do Equador, Héctor Villagrán Cepeda, comandará comitiva de governadores provinciais, prefeitos e representantes da iniciativa privada equatoriana que estará na próxima quinta-feira na sede da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) dando seqüência ao processo de implantação da rota multimodal Manta-Manaus-Belém.
A novidade desta nova missão equatoriana é que líderes políticos e empresários desse país visitarão redes varejistas de Manaus, logística portuária e fábricas do Pólo Industrial da ZFM (Zona Franca de Manaus).
Este será o quarto encontro da Comissão Bilateral Brasil-Equador, criada a partir de entendimento dos presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do Equador, Rafael Correa, em abril deste ano com a finalidade de ampliar a integração região. No último encontro, no mês passado também na sede da autarquia, empresários e autoridades dos dois países trocaram informações sobre o potencial dos setores econômicos que ganharão com a rota que interliga os oceanos Pacífico e Atlântico a partir do rio Amazonas.

Reduzir trajeto

Na última reunião os líderes concluíram que a rota aérea Manta-Manaus pode entrar em operação em 30 dias. Para o pólo industrial da ZFM, isto significa uma alternativa ao trajeto marítimo-fluvial que passa pelo Canal do Panamá na importação de insumos do Sudeste asiático, com significativo ganho de tempo na operação, normalmente de 45 dias. Da mesma forma os países vizinhos podem ampliar as relações comerciais com o Amazonas e a própria ZFM.
No encontro da Comissão Bilateral Brasil-Equador na Suframa, a comitiva equatoriana assistirá, no dia 20, a palestra sobre o modelo ZFM, e ainda exposições de representantes da Receita Federal, Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sobre o funcionamento desses órgãos na região.
Além da direção da Suframa, o governo brasileiro será representando pelo MRE (Ministério das Relações Exteriores).

Empresas e supermercados vão ser visitados

Após as atividades na Suframa, a comitiva binacional se dividirá em duas: uma visitará a Microservice Tecnologia Digital da Amazônia Ltda. e a Moto Honda da Amazônia Ltda. A outra conhecerá filiais das redes supermercadistas Carrefour e DB.
O objetivo das visitas é mostrar aos empresários e autoridades equatorianos o potencial da indústria de alta tecnologia instalada na capital do Amazonas e as oportunidades de negócios oferecidas pelo mercado consumidor estadual e da região, sobretudo, na área de alimentos.
No dia 21, o ministro equatoriano Héctor Villagrán Cepeda será recebido por representantes da Prefeitura Municipal de Manaus e do governo do Estado. Além dessas duas atividades, nesse dia a comitiva conhecerá o Parque de Exposição Agropecuária Estadual e o porto Super Terminais.
Na sede da Suframa, a partir das 16h, o grupo assiste exposição da Amazonastur (Empresa Estadual de Turismo) sobre o potencial do Estado do Amazonas na área, reunindo-se em seguida com representantes de associações empresariais locais.

Objetivo

Mostrar aos empresários o potencial da indústria local

As oportunidades de negócios oferecidas

Conhecer as filiais das redes de supermercados

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email