Comissão escolhe relator e presidente para apuração

A Comissão Especial, criada para acompanhar a averiguação e apuração de denúncias contra o prefeito de Coari,  Adail Pinheiro (PMDB), escolheu nesta quinta-feira, o presidente e o relator: Vicente Lopes (PMDB) é o presidente e Sabá Reis (PR) o relator.
A comissão realizará a sua primeira reunião na segunda-feira, às 10h, na sala do gabinete da presidência da Assembléia Legislativa, para estabelecer o calendário de atividades.
A Comissão, formada ainda pelos deputados Adjuto Afonso (PR), Nelson Azedo (PMDB)  Vera Lúcia Castelo Branco (PTB) e  terá 60 dias para apresentar um relatório. De acordo com Vicente Lopes, a reunião da segunda-feira será a portas fechadas, mas todas as decisões serão divulgadas para a imprensa, logo depois de encerrada.

Denúncias e irregularidades

O requerimento para acompanhar denúncias sobre a administração de Adail, acusado de cometer irregularidades como utilização de notas frias, é de autoria de Vera Lúcia Castelo Branco, que não participou da reunião que escolheu o presidente e o relator, mas os outros quatro membros estavam presentes, conforme ata assinada e apresentada por Vicente Lopes. Vera teria demonstrado interesse em ser presidente da comissão, mas o presidente da Casa, Belarmino Lins (PMDB) e o próprio Vicente Lopes, explicam que o regimento interno impede que, no caso, ela presida ou relate a comissão. Isso porque ela já fez várias denúncias contra o prefeito.

A comissão terá assessoria jurídica do subprocurador da Casa, Celso Cavalcante e até de uma engenheira. No entanto, todos os encaminhamentos serão estabelecidos na reunião de segunda-feira.
Os deputados visitarão Coari, em data a ser definida. Lopes disse que todas as providências serão tomadas para os deputados cumprirem bem a missão, com responsabilidade.
Por isso, todos os deputados que integram a comissão foram escolhidos porque não têm opinião formada nem interesse eleitoral em Coari. Vera faz parte da comissão porque, tradicionalmente, o autor do requerimento é aceito como membro, porém não pode ser presidente ou relator.
Numa comissão especial, o papel de relator é muito importante: a opinião final é dele.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email