Comissão defende maior incremento nos institutos

Fóruns, debates, audiências públicas estão entre as ações realizadas pela Comissão de Ciência e Tecnologia da Aleam (Assembleia Legislativa do Amazonas), dirigida pelo deputado estadual José Ricardo Wendling (PT). A finalidade da comissão, que no primeiro semestre deste ano teve sua área de abrangência acrescida para inovação, informática e comunicação, é realizar atividades em torno de debates envolvendo ciência e tecnologia no Estado do Amazonas.
Entre os fóruns que a comissão participou no primeiro semestre de 2013, está o de Gestores de Instituições de Ensino e Pesquisa, que tratou de vários temas das pesquisas realizadas pelas instituições instaladas no Estado. Participou também do debate sobre o Plano de Ciência e Tecnologia da Amazônia, bem como do fórum de Inovação, que oportunizou participar de discussões sobre inovações realizadas por meio das instituições de pesquisa, que desenvolve projetos, como por meio de empresas que desenvolvem projetos para alavancar pesquisas.
Além disso, a Comissão de Ciência e Tecnologia realizou uma série de audiências públicas, uma que discutiu o papel do CBA (Centro de Biotecnologia da Amazônia), que resultou num documento entregue ao Mdic (Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior) e Ministério de Ciência e Tecnologia, ambos em Brasília. Nesse documento foi solicitado um plano de gestão do CBA que existe há 12 anos, mas ainda não tem personalidade jurídica e por conta disso não tem recursos próprios e nem pessoal. “Por isso, não consegue alavancar pesquisas que possam se transformar em produtos, serviços e geração de renda a partir do uso da biodiversidade Amazônica”, disse José Ricardo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email