Comércio se prepara para estimular consumo no Dia Livre de Impostos

Os shoppings da capital já estão preparados para o movimento DLI (Dia Livre de Impostos) que acontece no dia (30). Promovido pela CDL Manaus (Câmara de Dirigentes Lojistas Jovens de Manaus), a proposta que além de conscientizar as pessoas sobre a alta carga tributária, vai incentivar o consumo de bens e serviços na data. Vários produtos estarão isentos de impostos.

O presidente da Alasc (Associação dos Lojistas do Amazonas Shopping), André Gesta, afirma que apesar de não ter uma base de crescimento, os centro comerciais estão otimistas porque é um dia de fluxo comparado com a datas específicas, como a Black Friday. “A nossa expectativa é que cerca de 50 mil pessoas devam passar pelos malls. É uma campanha que traz um grande volume. Ainda mais com a adesão dos três maiores shoppings da capital”.   Ele ressalta que têm lojas que vendem mais no DLI “dependendo da adesão e do segmento é o melhor dia do anos para os lojistas”.

Em Manaus, a ação é voltada aos shoppings, Amazonas, Manauara Shopping, Ponta Negra e dois postos de combustíveis nos municípios de Parintins, Itacoatiara e Manacapuru. De acordo com o coordenador da CDL Jovem, Luiz Eduardo Leal, em relação à gasolina, será disponibilizado de 5 a 10 litros, por veículo, com valores praticados entre R$ 2 a R$ 2,20.

O Shopping Ponta Negra, que vai participar de mais uma edição do DLI, contará com lojas vários segmentos que participarão da campanha. Neste dia, cada loja participante da campanha irá disponibilizar no mínimo cinco produtos com abatimento dos tributos da mercadoria. Os empresários calculam o valor dos impostos, aplicam o desconto no preço final e arcam com o recolhimento do imposto, sem repassá-lo ao consumidor. A participação é facultativa e não serão todos os produtos das lojas participantes que estarão com o desconto, somente aqueles que a operação escolher.

“Todos sempre reclamamos dos impostos, mas no dia a dia, enquanto estamos consumindo, não nos damos conta do quanto estamos pagando. Através do movimento desse dia será possível deixar os números mais visíveis para a população e fazermos uma reflexão da importância do melhor emprego desse imposto pago”, destacou o superintendente do Shopping Ponta Negra, Magno Duarte.

Para se ter noção, em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada imposto. E está em último como país que melhor retorna o dinheiro para a população. O brasileiro trabalha em média 153 dias, cerca de cinco meses, por ano só para pagar impostos. Apenas nos setores de Maquiagem e Eletrônicos as cargas tributárias são de 58% e 43%, respectivamente.

Cerca de 100 lojas do Amazonas Shopping já confirmaram participação no Dia Livre de Impostos (DLI), ação que ocorre no próximo dia 30. Nesse dia, irão comercializar os produtos sem a cobrança de impostos, o que resultará em preços com redução de até 70% no valor final. O centro comercial funcionará em horário especial, das 10h às 23h.

O estacionamento do Amazonas Shopping estará com 16% de desconto, referente à isenção de carga tributária, válido para o cliente que pagar pelo aplicativo do centro de compras. O cliente pode baixar o aplicativo nas lojas App Store (iOS) e Google Play (Android).

“É importante que o consumidor saiba o valor do imposto que ele está pagando e levá-lo a refletir se este tributo está sendo investido em educação, segurança pública, saneamento e outros serviços necessários à sua qualidade de vida”, disse Lucas Bezerra, diretor da CDL Jovem e coordenador do evento.

Lucas explica que o DLI é um evento de grande importância, tanto para o lojista como para o consumidor. “É uma oportunidade de o lojista explicar à população o quanto paga de impostos e o que isso representa no valor final comercializado. Os clientes muitas vezes criticam os preços dos produtos e serviços, porque não sabem a carga tributária que incide sobre eles. Além disso, essa data já faz parte do calendário comercial e é muito esperada pelo consumidor, que aproveita para fazer as compras”, afirma.  

No Amazonas Shopping, todas as lojas participantes da campanha estarão identificadas com cartazes na vitrine e cada uma delas disponibilizará, no mínimo, 5 produtos sem a cobrança de impostos, sendo a critério do lojista oferecer maior quantidade de itens, segundo o diretor da CDL Jovem.

Os consumidores terão atrativos a mais para realizar as suas compras no Manauara Shopping, no DLI. Durante todo o dia, os helpers (atendentes) estarão disponíveis para tirar dúvidas de produtos, preços e até mesmo o funcionamento das lojas por meio do WhatsApp. Outro diferencial é que nesse dia o shopping terá horário especial de funcionamento e vai ficar aberto até 23h, dando ainda mais oportunidade de compra aos clientes.

O serviço de atendimento pelo WhatsApp faz parte do projeto #CompraJunto, criado pelo centro de compras para proporcionar mais comodidade aos seus clientes. Atendentes dão informações sobre lojas, serviços e produtos e mais: ajudam a escolher e selecionar o produto desejado, passando informações sobre preço e disponibilidade do item. Tudo pelo WhatsApp, no número (92) 98441-4012.

“O #CompraJunto é um serviço consolidado no Manauara e que é bastante utilizado por nossos consumidores. Como a promoção promovida pela CDL Manaus dura apenas um dia, vamos deixar as helpers a postos para agilizar a compra de quem não vai ter muito tempo para vir no shopping pesquisar as melhores ofertas. O horário estendido também é uma opção para quem não consegue aproveitar as ofertas durante o horário comercial”, afirmou a gerente de Marketing do Manauara Shopping, Isa Lucena.

O presidente da FCDL-AM (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas) Ezra Azury Benzion ressalta a importância do protesto. “As pessoas têm que entender que a data, apesar de ter se tornado comercial por conveniência, o foco da CDL Jovem, é justamente mostrar o quanto você paga de impostos em tudo que você compra. É a maneira que os empresários fizeram de protestar, foi tirando o imposto para saber quanto ficaria os produtos se não tivesse uma carga tributária tão alta”.

Embora a data não seja considerada festiva, Benzion garante que as vendas serão similares a um dia forte de dezembro em período natalino.

App

Para auxiliar os consumidores a terem acesso a lista de lojas que participarão da campanha, será disponibilizada no dia da ação aos usuários, o aplicativo Teewa. A ferramenta irá ajudar em pesquisas rápidas dos estabelecimentos, produtos, preços, e o valor abatido dos tributos cobrados nos itens.

Semana sem imposto para aquecer  

Para aquecer a campanha, a partir do dia 24 deste mês (sexta-feira), seis estabelecimentos comerciais de Manaus farão ações isoladas até o dia da ação.

No dia 24, o restaurante Só Sopa, localizado na Avenida Pedro Teixeira, no bairro Dom Pedro, estará oferecendo aos clientes o principal prato da Soparia, com valor diferenciado do cobrado habitualmente, de R$ 18 por apenas R$ 12,50 (40 pratos). No sábado (25), é a vez dos amantes de rock comparecerem ao Porão do Alemão, durante toda a noite, 2 mil litros de chopps serão ofertados aos consumidores. Normalmente o chopp no bar da casa sai a R$ 10, no sábado, a bebida custará apenas R$ 5.

Além do chopp, no dia 26 (domingo) a Cafeteria O Caffeiro, na Rua Rio Eiru, no bairro Nossa Senhora das Graças, oferecerá águas com e sem gás, café, chocolates, coxinhas, croissant, folhados, bolos e refrigerantes, sem a cobrança dos impostos. Os sanduíches de 30cm de todos recheios da Subway localizada no mesmo endereço, também estarão na campanha no domingo.

Na segunda-feira (27), todas as unidades do Sushi Ponta Negra (Djalma Batista, Paraíba, Cidade Nova, Centro e Ponta Negra) estarão com todos os rodízios de sushi com a isenção dos impostos. Rodízio Tradicional (R$ 40,90 por R$ 28,99); Rodízio Mix (R$ 49,90 por R$ 34,99); Festival (64,90 por 45,99); Rodízio Premium (R$ 89,90 por 62,99); Rodízio do Mar (45,90 por 32,99); e Rodízio Vegetariano (R$ 45,90 por R$ 32,99).

A criançada também está inclusa na semana sem imposto. No dia 28 (terça-feira), a diversão está garantida no Fun Park – no Shopping Via Norte, os bilhetes estarão sendo vendidos sem os tributos cobrados pelo governo (bilhete passaporte: de R$ 15 por R$ 10 / bilhete passaporte mais games liberados: de R$ 20 por R$ 15).   

A Espantalho Pneus – unidade Dom Pedro, no dia 29, também entrará na campanha com os serviços de alinhamento (R$ 50 por R$ 34); balanceamento (R$ 10 por R$ 6,80); desempeno de rodas (R$ 50 por R$ 34); além da mão de obra que varia de acordo com serviço.

Vale ressaltar que todos os estabelecimentos que estão participando da campanha na semana sem imposto, se responsabilizarão de fazer o repasse dos tributos isentos nos dias das ações. O consumidor não, mas o lojista, sim, fará o pagamento do imposto.

Números

Em todo o Brasil, os valores gastos com impostos federais no primeiro trimestre de 2019 ultrapassam a soma de R$ 938 bilhões.

Entre o mês de janeiro e a primeira quinzena de maio de 2019, a população do Estado do Amazonas pagou mais de R$ 11.115 bilhões em impostos federais, um aumento de 5,64% em relação ao mesmo período do ano passado quando o contribuinte no Estado pagou R$10.521 bilhões. Os dados são da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje). Em todo o Brasil, os valores gastos com impostos federais no primeiro trimestre de 2019 ultrapassam a soma de R$ 938 bilhões.

Sobre o DLI

O Dia Livre de Impostos é uma campanha realizada nacionalmente e objetiva conscientizar a população sobre a alta carga tributária paga pelos consumidores no ato da compra. Em Manaus, o protesto contará com a participação de centenas de lojas de segmentos como calçados, vestuários, restaurantes, eletroeletrônicos, parques, entre outros.

De acordo com o coordenador da CDL Jovem Manaus, Renan Pessoa, a ação este ano trará mais novidades para atingir o maior número de pessoas, “mostrando a carga tributária abusiva que só prejudica o comércio, a geração de emprego e o crescimento do País”, afirma.

Pessoa diz ainda que enquanto CDL Jovem Manaus, o objetivo é mudar esse placar, inverter os valores e incentivar o empreendedorismo, para que os empresários tenham orgulho e prazer em fazer a economia crescer na capital.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email