Comércio eletrônico cresce 40% na América Latina

Um estudo elaborado pela América Economia Intelligence e apresentado pela Visa América Latina e Caribe revela que o comércio eletrônico da região cresceu 40% em 2007, alcançando US$10.9 bilhões. Deste total, o Brasil alcançou US$ 4.89 bilhões.

Um estudo elaborado pela América Economia Intelligence e apresentado pela Visa América Latina e Caribe revela que o comércio eletrônico da região cresceu 40% em 2007, alcançando US$10.9 bilhões. Deste total, o Brasil alcançou US$ 4.89 bilhões.
Este aumento se deve também ao constante crescimento econômico dos países da região, avanços de tecnologia e mudanças de comportamento dos consumidores. O estudo, que engloba 17 países, concluiu, ainda, que os cartões de crédito desempenharam um papel importante para a expansão deste segmento; mais de 70% dos consumidores pesquisados preferem esta forma de pagamento para as compras on-line.
“Benefícios como conveniência e segurança, oferecidos pelos produtos Visa, são altamente valorizados pelos consumidores e têm sido fundamentais para o crescimento do comércio eletrônico”, disse o vice-presidente de produtos da Visa América Latina e Caribe, José Maria Ayuso. “Ajudamos a transformar a vida de milhões de pessoas, estimulamos a inovação do mercado e contribuímos para o crescimento das economias locais”, completou.
O comércio eletrônico cresceu 121% durante os últimos anos. Os países que lideram esse crescimento incluem Venezuela, que cresceu a uma taxa de 224%, seguido pelo Chile com 183%, México com 143% e o Brasil aparece na quarta colocação, com 116%.
No que diz respeito às transações, o Brasil é o maior e mais robusto mercado de comércio eletrônico da região, acumulando 45% do total de transações da América latina em 2007.
Essa liderança é fruto do aumento da renda per capita do brasileiro, forte infra-estrutura e aumento da bancarização, e também se dá graças a um aumento de alianças entre varejistas, provedores de tecnologia, bancos e órgãos governamentais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email