Comemorando com hambúrgueres

Em tempos de delivery de fast food, que tal pedir um hambúrguer, afinal, hoje é comemorado o Dia Mundial do Hambúrguer. Hambúrguer, originalmente, é aquela carne chatinha, às vezes mais robusta, principalmente quando é artesanal, colocada dentro do pão. Ela teria sido criada na cidade alemã de Hamburgo. De lá, através de imigrantes, chegou aos Estados Unidos onde passou a ser incluída entre duas fatias de pão em lanchonetes, que aproveitaram seu preparo rápido para criar o fast food. Aí foram acrescentados o queijo, o presunto, o ovo, a alface, a banana (bem nossa) e os molhos, e com o passar dos tempos e gostos, tantos outros ingredientes que o hambúrguer se tornou quase que um coadjuvante.

Jean Fabrízio morava só e, quando a fome apertava, preparava rapidamente um sanduíche com o que tivesse em casa, mantendo sempre na geladeira, estrategicamente, os ingredientes básicos de um sanduíche.

“É uma iguaria relativamente fácil de fazer e, quem é que não gosta de um sanduíche com vários recheios?”, indagou.

Há doze anos Jean resolveu empreender e, inicialmente pensou montar um bar mas, depois de realizar uma pesquisa de mercado, descobriu que os hambúrgueres artesanais seriam uma tendência no Brasil, nos próximos anos. Foi assim que, em 2009, ele inaugurou a 80’s Burguer, no Vieiralves, uma hamburgueria temática dos grupos musicais da década de 1980. Atualmente o cardápio da 80’s Burguer disponibiliza 17 sanduíches com nomes de cantores e grupos musicais nacionais e internacionais. O que mais vende é o ‘The Cure’, homenagem à banda britânica surgida em 1978.

“O ‘The Cure’ é um pão especial de parmesão com 160 gr de alcatra artesanal, mais alface americana, cream cheese e flocos de bacon crocante. O cliente ainda pode escolher um, entre seis molhos: catchup, mostarda, e os preparados por nós: maionese, rosé e hot (apimentado), feitos à base de ovos pasteurizados; e o árabe (iogurte natural, salsa, hortelã, limão e azeite)”, descreveu.

Sandubas veganos

Há cinco anos Felipe Bevenuto, estava concluindo a faculdade e queria ser um empreendedor. Depois de fazer uma pesquisa de mercado, em Manaus, observou que existiam poucas opções de hamburguerias artesanais na cidade.

“Achei que seria legal trabalhar com sanduíches, uma comida que você prepara rapidamente. Quem não sabe fazer um sanduíche? Mas aí entra o segredo para se conquistar o cliente”, disse.

Em 2015 Felipe inaugurou a Home’s Burger, no Vieiralves.

“Apesar de todos os percalços, que existem em qualquer empreendimento, tem sido maravilhoso deixar o cliente satisfeito. O segredo para conquistar o cliente está em criar sabores novos e diferentes. As pessoas gostam do novo, diferente daquele que sabem fazer em casa”, ensinou.

O cardápio da Home’s Burger possui doze tipos de sanduíches, inclusive um hambúrguer vegetariano que, segundo Felipe, nem o mais carnívoro dos carnívoros ficaria em dúvida se é ou não preparado com carne. Mas isso é segredo industrial. Na Home’s Burger o sanduíche mais solicitado é o ‘Creamched’.

“O pão utilizado é o australiano, mais 150 gr de hambúrguer de alcatra. Queijo cheddar, daí o nome, bacon, cebola caramelizada e alface americana. Damos a opção de três molhos para o cliente escolher um: maionese, barbecue picante, e rosé. Também pode acrescentar batata”, informou.

Churrasco no sanduíche

Marcelo Almeida sempre foi apaixonado por churrasco, inclusive já organizou grandes eventos dessa comida dos pampas, em Manaus, mas lembra que desde a adolescência gostava de fazer sanduíches na chapa com bolinhos de carne, de linguiça, de frango.

“Há seis meses resolvi abrir um restaurante, mas ao invés de uma churrascaria, optei por uma hamburgueria artesanal. Assim surgiu o Gulosos Manaus, no conjunto Hiléia”, lembrou.

Mas Marcelo não deixou os churrascos de fora. Eles estão lá: picanha, linguiça, costela suína e costela bovina, dividindo o gosto dos clientes ao lado de três sanduíches: o Simples, o Completo e o Havaiano, todos com hambúrgueres artesanais.

Mas como inovar é o segredo do sucesso, Marcelo conseguiu idealizar um sanduíche de churrasco.

“Acredito que por causa do nome, ‘Completo’, este é o que mais os clientes pedem, sem falar que é diferente. É um sanduíche de churrasco. O pão é o de hambúrguer, bem fofo, tostado na brasa. A carne é bem assada e gorda. Acompanha maionese e catchup caseiros e, à parte, creme de queijo (molho branco com queijo e bacon de costela) e, detalhe, vinagrete”, contou.

Jean, Felipe e Marcelo, três apaixonados pelos hambúrgueres que criam e fazem, abastecendo toda Manaus nesse momento em que as pessoas não devem ficar circulando em bares e restaurantes.    

Serviço

– 80’s Burguer, 9 8445-4332

– Home’s Burger, 9 9159-5999 e 3030-4040

– Gulosos Manaus, 9 9204-9780 (só WhatsApp)

Fonte: Evaldo Ferreira

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email