Começa a surgir grife hoteleira em Coari

O empresário Petrônio Machado, que controla em Manaus empreendimentos como o hotel Da Vinci e os motéis Eros e Aphrodite, vai investir na construção de uma grande unidade hoteleira em Coari, a primeira deste porte no município. É o primeiro investimento de grande monta do setor de serviços que a localidade vai receber, depois do boom provocado pela descoberta da enorme reserva de gás, hoje explorada pela Petrobras. A iniciativa faz parte da nova estratégia montada pelo prefeito Adail Pinheiro (PRP). Segundo ele, nos dois primeiros mandatos sua prioridade foi cuidar da infraestrutura, o que se fazia necessário por causa da enorme precariedade dos serviços municipais. Agora, o foco é a atração de investimentos.

Impressionado

Petrônio se disse impressionado com a recepção que Adail teve do povo de Coari. “Eles acreditam no prefeito e o apóiam. Por isso estão recebendo os empreendedores de braços abertos”, afirmou. O empresário também notou uma grande euforia popular com a volta do chefe do Executivo Municipal.

De saída

O vice-governador José Melo afirmou, em entrevista ao Blog da Floresta, que vai mesmo trocar o PMDB pelo PRP, seu antigo partido. Disse que fará isso conversando com a direção nacional e com o senador Eduardo Braga, para “sair pela porta da frente”. Na mesma conversa, ele deixou claro que pretende ser candidato a governador, com apoio do atual ocupante do cargo, Omar Aziz.

Recado

E se a esposa de Melo, Edilene Gomes, tinha ainda alguma dúvida do que fazer, o vice-governador deu o recado claro na mesma entrevista. “Eu não imponho nada a ela, não misturo família com trabalho. Mas ela é inteligente o suficiente para saber o momento certo de sair”. Referia-se ao fato dela ser secretária particular do senador Eduardo Braga, cargo que se tornaria incompatível se ele realmente decidir concorrer com este último.
Deu certo

Aparentemente a pressão do jurista Félix Valois sobre o Tribunal de Justiça, para garantir a libertação de seu cliente, o ex-prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Souza, deu certo. Ele foi liberado na noite de quarta-feira. O juiz Cássio Borges, que havia determinado a prisão, silenciou diante das acusações do advogado, para quem o magistrado havia se comportado de maneira parcial.

Anzol

Talvez, gravações que vazaram, mostrando Anderson articulando a saída de Cássio Borges da Comarca de Rio Preto, falem pelo magistrado e provoquem a volta do anzol no assunto. O juiz sempre fez questão de se posicionar em vários processos. É considerado polêmico e articulado. Por isso, seu silêncio não pode ser considerado uma rendição. Muita água ainda vai rolar por debaixo da ponte neste episódio.

Alvo

O novo alvo dos jornalistas na Câmara Municipal de Manaus é o vereador Joaozinho Miranda (PTN). Ninguém gostou da forma veemente como ele se posicionou no início da atual legislatura, condenando o acesso da imprensa ao plenário e atacando o trabalho dos repórteres, que para ele não respeitam limites e atrapalham o trabalho parlamentar. Revelações sobre o passado dele podem pipocar a qualquer momento.

Defesa

Já o ex-presidente Isaac Tayah (PSD) concluiu sua defesa nos processos de investigação que correm contra sua gestão. Agora ele espera poder se dedicar mais às articulações e posicionamentos em plenário, depois de um início discreto de legislatura. Neste final de semana ele agendou algumas conversas com aliados para montar sua estratégia neste primeiro semestre.

Parabenizações

O aniversário de 109 anos do Jornal do Commércio, comemorado no início do ano, foi lembrado na Assembléia Legislativa pelo deputado Adjuto Afonso. O parlamentar aprovou junto à mesa diretora uma Moção de Parabenizações ao justificar que o jornal, por mais de um século proporciona à sociedade amazonense “excelente qualidade editorial em conformidade à missão de bem informar os seus leitores com autonomia, independência, franqueza e respeitado conteúdo”, salientou Adjuto.

Obras

E por falar em Adjuto, ele anunciou que o município de Boca do Acre deve receber investimentos na ordem de 60 milhões de reais do Governo do Estado. Com esses recursos será construída uma Escola de Tempo Integral (Ceti), as ruas da cidade vão ganhar pavimentação asfáltica, além da construção do muro de arrimo. As obras foram confirmadas pelo governador Omar Aziz, durante audiência com o prefeito e os vereadores daquela cidade.

Calado

Serafim Corrêa ainda não se manifestou sobre as projeções feitas pelo presidente nacional de seu partido, PSB, o governador pernambucano Eduardo Campos. Este afirmou que a legenda teria candidatos a governador em vários Estados, inclusive no Amazonas. Especulava-se ontem que o nome seria o do vereador Marcelo Serafim. Isso para permitir que o pai mantivesse os planos de concorrer a uma vaga de deputado federal.

Em alerta

As chuvas deram uma trégua, mas mesmo assim o município de Apuí continua sendo monitorado pelos técnicos da Defesa Civil do Estado. Eles já estão na cidade e com o apoio do Comando Militar da Amazônia (CMA) estão avaliando as condições de isolamento do município. Pelo levantamento feito na região, as águas do rio Aripuanã até baixaram, mas nada garante que vão continuar assim. Se confirmar a previsão do Sipam, até o final de março as chuvas vão continuar intensas e o acesso pela Transamazônica vai ficar comprometido. É alerta geral.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email