28 de junho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Com temor sobre estoques preço do barril de petróleo bate recorde

Preocupa os investidores a tensão na Turquia. O governo Autônomo do Curdistão iraquiano advertiu na quinta-feira que se defenderá em caso de uma incursão militar turca no norte do Iraque

O preço do petróleo bateu novo recorde na sexta-feira, chegando a US$ 90,07, devido aos temores dos investidores sobre tensões geopolíticas e insuficiência de estoques mundiais. Às 11h06 (em Brasília), no entanto, o preço já havia recuado para US$ 89,23, baixa de 0,27% em relação ao fechamento de ontem -US$ 89,47.

Preocupa os investidores a tensão na Turquia. O governo Autônomo do Curdistão iraquiano advertiu na quinta-feira que se defenderá em caso de uma incursão militar turca no norte do Iraque, ao mesmo tempo que pediu ao PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão) que não dê motivos a Ancara.

“Se o Curdistão do Iraque for atacado, estamos preparados para defender nosso terri-tório e a santidade de nossa pátria”, afirmou, em comuni-cado, o Executivo regional ira-quiano. Segundo o governo curdo, a escalada da tensão na fronteira turco-iraquiana nas últimas semanas faz parte de um plano para levá-lo a uma guerra que não deseja.
Com o risco de um aumento das tensões na região, o temor é que a produção de petróleo, tanto no Iraque como em outros países na região, possa ser afetada.

Na quarta-feira, o Depar-tamento de Energia informou que as reservas de petróleo dos Estados Unidos aumentaram em 1,8 milhão de barris na semana passada, para 321,9 milhões de barris. O departamento informou que o estoque de petróleo -com o aumento de 0,6%- está acima da média para esta época do ano.

Já os estoques de gasolina tiveram um aumento de 2,8 milhões de barris (1,5%), para 195,8 milhões, frente aos 193 milhões da semana precedente, e as reservas de combustível para calefação subiram em 1 milhão de barris, para 136,3 milhões de barris frente aos 135,3 milhões de barris da semana anterior.

Mesmo assim, há o temor de que as reservas no país não sejam suficientes para atravessar o inverno -o que tende a aumentar as importações, pressionando as cotações deste modo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email