Cognos tem resultado 10% maior no segundo trimestre fiscal de 2008

A Cognos, líder mundial em soluções de business intelligence e performance management, anuncia um faturamento de US$ 252.4 milhões no segundo trimestre do ano fiscal de 2008, encerrado no dia 31 de agosto de 2007. O resultado representa um crescimento de 10%, comparado ao mesmo período do ano anterior. No decorrer do segundo trimestre do ano, o faturamento obtido com a venda de licenças foi de US$ 87 milhões, contra US$ 78 milhões.

O lucro líquido apresentou um crescimento de 12%, passando de US$ 23.8 milhões para US$ 26.5 milhões. Além disso, o ganho por ação diluída aumentou 19%, passando de US$ 0.26 para US$ 0.31 no segundo trimestre do ano fiscal de 2008. Durante o período, a Cognos fechou nove contratos com valores acima de US$ 1 milhão.
“Estou satisfeito com a nossa performance no segundo trimestre”, afirmou Rob Ashe, CEO e presidente da Cognos. “Alcançamos um crescimento sólido na venda das soluções Cognos 8 BI e de gerenciamento de desempenho financeiro. Os resultados financeiros, os avanços do ciclo de vida do nosso produto, a boa situação do mercado e o aumento das vendas e da capacidade de atendimento aos clientes indicam que teremos um segundo semestre muito bom”, disse Ashe.

“Como líder em Performance Management, nosso objetivo é oferecer inovação e expertise aos nossos clientes. Os recentes anúncios do Cognos 8 BI Analysis for Excel, Cognos 8 versão 8.3 beta, a expansão da parceria com a Informatica e as novas ofertas com a IBM, refletem o atual momento da nossa oferta e ênfase nesses temas. Além disso, solidificamos nossa posição de liderança com a aquisição da Applix. A reação dos clientes e do mercado foi extremamente positiva com esses anúncios”, acrescentou o CEO.

No primeiro semestre, a Cognos teve um faturamento de US$ 489, um aumento de 9% se comparado com o mesmo período do ano anterior. A expectativa da companhia é alcançar um faturamento entre US$ 1.075 bilhão e US$ 1.100 bilhão no na fiscal de 2008, com fechamento previsto para 29 de fevereiro do próximo ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email