Coca-Cola apresenta projetos de investimento a Lula

O presidente da Coca-Cola Brasil, Xiemar Zarazua, apresentou ontem, em primeira mão ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o programa Coletivo. Trata-se de uma inovadora tecnologia de negócios desenvolvida pela empresa, envolvendo o estímulo ao empreendedorismo e formação de mão-de-obra treinada para o varejo. O objetivo é oferecer melhores perspectivas profissionais em comunidades com menor oportunidade, gerando desenvolvimento sócio-econômico.
O programa contempla a criação de unidades operacionais em conjunto com ONGs e outros parceiros, nas comunidades participantes. Cada unidade do Coletivo funcionará como um centro de formação e oportunidades, onde serão realizadas, em um momento inicial, as atividades de capacitação de jovens para conquista do primeiro emprego e de estímulo ao empreendedorismo. A expectativa do Sistema Coca-Cola Brasil com o programa é que 30% dos jovens capacitados conquistem imediatamente o primeiro emprego e pelo menos 10% desenvolvam o próprio negócio. Para isso, o programa irá oferecer também opções de micro-crédito, através de parcerias no setor financeiro.
O programa está começando em cinco comunidades: Brasilândia, Paraisópolis e Ermelino Matarazzo, em São Paulo, e Piedade e Campina do Barreto, em Pernambuco. As inscrições tiveram início em maio e as aulas da capacitação em varejo começarão em julho. A duração é de dois meses e, ao final, os alunos terão a oportunidade de aplicar os conhecimentos, elaborando planos de negócios para comércios locais. O encaminhamento para o mercado de trabalho será feito através da Coca-Cola Brasil e dos parceiros. A meta da empresa é criar 1,5 mil unidades do programa até 2012, atendendo ao todo mais de 1 milhão de jovens.
“A inovação do Coletivo está exatamente no fato de ele ser uma iniciativa de negócio que gera educação e desenvolvimento social, totalmente alinhado com a nossa plataforma de sustentabilidade Viva Positivamente. O desenvolvimento de empreendedores nas comunidades aumenta ainda mais a penetração dos nossos produtos entre consumidores das classes C e D, que formam a classe média emergente do país e que, por isso, representam grande potencial de crescimento”, explicou Zarazua.
Ele também informou ao presidente Lula que os investimentos do Sistema Coca-Cola Brasil têm aumentado a cada ano para capturar as oportunidades geradas pelo crescimento do país. A empresa cresce ininterruptamente há vinte trimestres seguidos. Em 2009, a Coca-Cola Brasil está investindo cerca de R$ 1,75 bilhão no país, o que representa quase 17% a mais do que o investido no ano anterior.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email