Cidadãos podem buscar atendimento para demandas da prefeitura de forma on-line

A Ouvidoria municipal já está em funcionamento, agora ligada à Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). O setor é responsável por receber, analisar, avaliar e encaminhar consultas, denúncias e sugestões ao serviço público do município. O atendimento é feito de forma virtual, sem que o cidadão precise sair de casa.

“Recebemos do prefeito Arthur Virgílio Neto a missão de absorver a Ouvidoria, um canal direto da prefeitura com a população, e assim já estamos com os serviços digitais disponíveis. É mais uma atitude que reforça o compromisso da gestão em governar de forma democrática, ouvindo os anseios sociais e trabalhando para levar melhorias diversas à cidade”, destacou a secretária municipal de Comunicação, Kellen Veras Lopes.

Para o atendimento, o cidadão deve entrar em contato pelo e-mail: [email protected] ou pelos números: (92) 98842-3030 ou 98842-2572, somente via WhatsApp. O serviço funciona 24 horas.

“A Ouvidoria municipal tem como princípio ouvir a população de Manaus em relação aos serviços públicos prestados pela prefeitura e propor um atendimento de qualidade, sempre buscando uma solução rápida para aqueles problemas que o usuário desses serviços nos apresenta”, ressaltou o diretor da Ouvidoria municipal, Aguinaldo Monteiro.

A Ouvidoria municipal ganhará, em breve, uma estrutura física, que já está sendo instalada nas dependências da Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, zona Oeste. O atendimento presencial funcionará das 8h às 14h. A entrega da estrutura física está prevista para o fim deste mês de agosto.

A Semcom absorveu o Departamento de Ouvidoria, após a extinção da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Semdec), que também era responsável pelo Procon Manaus. Essa foi uma das medidas emergenciais consolidadas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, como forma de reduzir o tamanho da máquina administrativa e do custeio para enfrentar a queda de arrecadação provocada pela pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

A prefeitura ressalta ainda que as situações que poderiam demandar resolução pelo extinto Procon Manaus devem ser direcionadas a outras esferas, que atuam na defesa do consumidor.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email