China investe US$ 1,2 bi para aprimorar

A China investirá US$ 1,2 bilhão para melhorar a supervisão de alimentos e remédios, após os diversos escândalos envolvendo produtos chineses tóxicos em todo o mundo, informou na quarta-feira a agência oficial de notícias “Xinhua”.
“Desse investimento, US$ 831,5 milhões serão fornecidos pelo governo central. O resto virá dos governos regionais”, informou o porta-voz da Administração Estatal de Alimentos e Remédios (SFDA, na sigla em inglês), Yan Jiangyin, em declarações à “Xinhua”.
Jiangyin acrescentou que os trabalhos de supervisão de alimentos começaram tarde e que sua base é “frágil”. “A infra-estrutura atual e a tecnologia dos sistemas de supervisão de alimentos na China ainda está abaixo das expectativas, principalmente no oeste do país”.
Com o investimento anunciado, acrescentou, a China “melhorará de forma significativa suas infra-estruturas e tecnologia na administração de alimentos e remédios pelos próximos três a cinco anos”.
Jiangyin enumerou uma série de projetos que serão desenvolvidos com o investimento, como a renovação de 16 centros de testes para fármacos importados, assim como do Centro Nacional para Testes de Aparatos Médicos e do Instituto Nacional para Controle de Produtos Farmacêuticos e Biológicos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email