China abre mercado para cooperativas

“Surpreendemos os compradores chineses ao apresentar cooperativas empresariais, com produtos e marcas participativas no agronegócio”. A avaliação é do secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Márcio Portocarrero, após participar de missão com lideranças de cooperativas, durante duas semanas, na China. O objetivo foi promover a prospecção de negócios, avaliar o mercado e aproximar dos compradores chineses.
Participaram representantes de 14 cooperativas dos setores de carnes, laticínios, algodão, café e soja. De acordo com o secretário, é possível diminuir a ação dos intermediários com a atuação de cooperativas com produtos que já conquistaram o mercado mundial. “O Brasil é um grande produtor de alimentos, que são inseridos no mercado por meio de traders ou distribuidores. Grande parte do ganho do produtor acaba na mão dos intermediários”, disse.
Durante as rodadas de negócios, os participantes decidiram manter contato permanente com o mercado da China e de Hong Kong. Em parceria com o Ministério da Agricultura, a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e o consulado do Brasil em Hong Kong estudam a criação de um escritório das cooperativas na metrópole chinesa, com expectativa para operar ainda este ano.
Segundo o vice-presidente da Cemil (Cooperativa Central Mineira de Laticínios), Cilas Pacheco, o escritório será fundamental para a empresa dar continuidade aos negócios iniciados durante as rodadas na China. “É um mercado promissor, porém competitivo. Precisamos de um representante lá para mostrar e garantir mercado ao nosso produto”, afirmou. Para fomentar novos negócios entre as cooperativas brasileiras e os compradores de alimentos, outra missão irá ao país asiático, em novembro, com o propósito de participar da 13ª edição do Food & Hotel China. Para o secretário Márcio Portocarreo, a participação em feiras reforça a promoção do agronegócio.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email