Chegada do verão em RR eleva adeptos de academias

A chegada do verão em Roraima e a proximidade das festas fora de época têm estimulado o crescimento do número de alunos nas academias da capital. A expectativa dos empresários do setor é que o faturamento das empresas cresça numa faixa de 20% a 30% durante o bimestre outubro/novembro, em comparação à baixa temporada.

Para o personal trainer e sócio-proprietário da Estação do Corpo, Harisson Moraes da Silva, a academia deve receber entre 40 e 60 alunos até o fim do próximo mês, em preparação às festas programadas na cidade neste fim de ano. “Hoje, a Estação conta com 200 atletas, mas deve receber um acréscimo de até 30% de outubro a novembro”, afirmou.

Chamados de “alunos relâmpagos”, na definição de Moraes, os adeptos da malhação buscam a boa forma com a chegada do segundo semestre. “Muita gente malha em preparação ao Boa Vista Folia, festa que acontece de 12 a 14 deste mês, como um dos principais eventos da capital”, explicou o personal trainer.

A proximidade do verão, desde meados de setembro, é outro motivador para a crescente busca pela academias, disse o sócio-proprietário. Durante todo o ano, a presença de mulheres na Estação do Corpo é constante e responde por 55% do total de alunos. Mas, é nessa época que a participação do público masculino sobe, ficando em 62%, de acordo com dados da direção.

Com o objetivo de incrementar ainda mais a quantidade de alunos, a empresa está ampliando o espaço, com a criação de um ambiente para prática de ginástica localizada, aerobox e caratê. De acordo com Moraes, os investimentos foram de R$ 60 mil e o espaço deve ficar pronto está o fim deste mês.

Na academia, as opções de exercícios vão de musculação, condicionamento físico ao trabalho personalizado, acompanhado por três profissionais da área. O preço do serviço é R$ 70, com possibilidade de redução no custo, a partir de duas pessoas.

O personal trainer frisou que toda atividade física nas academias não deve exceder os padrões estabelecidos pelo Confef (Conselho Federal de Educação Física). “Por isso, o ideal é fazer um bom acompanhamento com os alunos e que estes respeitem as limitações físicas, não ultrapassando o total de duas horas de exercício por dia”, acrescentou.

Acréscimo é significativo

Na Academia Fit Sport, a previsão também é de acréscimo no número de adeptos de atividades físicas em outubro e novembro. Segundo o sócio-proprietário e professor de musculação, Mário Lima Oliveira, a quantidade de alunos pode passar de 250 a aproximadamente 310.

“A maioria dos novatos procuram a academia nessa época por conta da chegada do verão, pois muita gente aproveita o período para exibir um corpo mais em forma”, disse Oliveira, acrescentando que outra preocupação de algumas atletas é quanto à compra de confecções no fim do ano. “Algumas pessoas malham para comprar roupas mais justas em dezembro”, lembrou.

Pederia ser melhor

Conforme o sócio-proprietário, a expectativa de crescimento na receita poderia ser maior, por conta das festas fora de época, mas, segundo ele, os eventos foram pouco divulgados. “Em outras edições, o Boa Vista Folia atraía mais público e turistas de várias regiões e isso movimentava todo o setor de entretenimento. Agora, é diferente e o movimento caiu um pouco”, contou.

Quem hoje procura a Fit Sport pode solicitar um dos nove programas que a academia oferece, de musculação à fitness. “A mensalidade varia de R$ 70 a R$ 150, dependendo da demanda de cada aluno”, informou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email