Chapada dos Veadeiros está de volta

Com várias medidas de prevenção ao novo coronavírus, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás (GO), reabre para visitação pública.

A decisão, publicada na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União, prevê que a unidade, fechada desde março deste ano, vai voltar a operar de forma gradual e monitorada, mediante o cumprimento de protocolos de segurança sanitária.

Entre eles, o uso obrigatório de máscara de proteção facial, a disponibilização de álcool em gel 70% ou produto de higienização para mãos e a desinfecção periódica de ambientes, como pisos, corrimãos, lixeiras, balcões, maçanetas, tomadas, torneiras e banheiros.

De forma gradual e planejada, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) vem reabrindo parques nacionais do país conforme as regras de cada estado e município, obedecendo todas as recomendações de segurança contra a proliferação da Covid-19. (Veja aqui os parques que já foram reabertos pelo Brasil).

As unidades de conservação federais já reabertas funcionam com redução da capacidade de público, de forma que a visitação possa ocorrer respeitando o espaçamento mínimo de 2 metros entre as pessoas.

A orientação do ICMBio é que os parques priorizem a venda de ingressos on-line, para se evitar filas, além de fazer marcações no piso com o distanciamento de 2 metros entre o balcão de atendimento e os clientes.

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros se localiza no Nordeste de Goiás, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança.

Abrangendo uma área de 240.611 hectares de Cerrado, a unidade abriga espécies e formações vegetais únicas, centenas de nascentes e cursos d’água e rochas com mais de um bilhão de anos, além de paisagens de rara beleza, com feições que se alteram ao longo do ano.

O parque, declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO em 2001, também preserva áreas de antigos garimpos, como parte da história local.

A Chapada dos Veadeiros fica a cerca de 400 km de Goiânia e a 230 km de Brasília. Geralmente, os turistas optam por se hospedar em São Jorge, onde fica a entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Alto Paraíso de Goiás ou Cavalcante (municípios próximos ao parque).

CONTRA GOLPE

A Blue Tree Hotels lançou a campanha “Fazer o Bem”, que tem como objetivo identificar e denunciar perfis falsos da marca nas redes sociais. A ação foi desenvolvida após alguns clientes relatarem o contato de contas fakes no Instagram oferecendo diárias gratuitas com o objetivo de pegar dados de usuários. Ao relatar esses golpes à Blue Tree Hotels, a pessoa ganhará um cupom de 5% de desconto em hospedagens. Para participar basta mandar um print da mensagem recebida no inbox do Instagram da rede hoteleira com seu e-mail e estar seguindo a página original da Blue Tree Hotels.

WIZZ AIR

A Wizz Air, companhia aérea de baixo custo e baixa tarifa da Europa Central e Oriental, anunciou hoje uma nova rota de Lanzarote para a cidade inglesa de Londres. Esta nova ligação de Lanzarote com o aeroporto de Londres-Gatwick começará a operar a 23 de outubro de 2020 com três frequências semanais, às segundas, quartas e sextas-feiras. Os lugares já estão à venda em wizzair.com a partir de apenas 29,99 euros. Esta nova rota contribuirá para a economia local, apoiando empregos indiretos na operação aeroportuária, transporte, hotelaria e turismo, o que é ótimo nestes tempos de pós-pandemia.

AUMENTO DOMÉSTICO

A oferta de voos domésticos regulares, na última semana de agosto, deverá alcançar uma média diária de 743, segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Esse total deverá representar 31% da quantidade de frequências semanais prevista antes do início da pandemia do novo coronavírus, em março, quando estavam previstos 2,4 mil voos no país por dia, em média. O levantamento da ABEAR também mostra que a demanda por voos domésticos em junho, está no seu menor nível em duas décadas.

TAP EM MACEIÓ

Os voos regulares semanais que irão ligar Maceió a Lisboa, em Portugal, foram confirmados pela companhia aérea TAP em comunicado à imprensa brasileira nesta quarta-feira. Com início previsto para 2 de outubro, serão dois voos ligando as duas capitais inicialmente às sextas-feiras e domingos, em aeronaves modelo A321, com capacidade para até 168 passageiros. Com partida prevista para às 23h10 de Maceió, horário de Brasília, o voo chega a Lisboa às 10 horas, horário português. Na volta, o voo parte de Lisboa às 16h50 e chega ao Aeroporto Zumbi dos Palmares às 21h50.

FESTURIS CONFIRMADO

A Feira Internacional de Turismo de Gramado (Festuris) chega neste ano à sua 32ª edição ininterrupta. Mesmo diante da pandemia, que impactou diretamente o setor, o evento mantém sua data de 5 a 8 de novembro de 2020. A organização vem trabalhando forte para que a feira seja o palco da retomada segura do turismo, respeitando uma série de protocolos criados para a realização do evento no formato presencial. “Acompanhamos de perto todos os movimentos do mercado e as restrições impostas pelo Governo do Rio Grande do Sul no combate à Covid-19”, garante Marta Rossi.

AÇÃO AMAZONASTUR

A Amazonastur deu continuidade, no último domingo (19.08), às ações de reordenamento e orientação aos guias de turismo, transportadora turística e agentes de viagens para verificar as condições dos veículos de turismo e a legalidade dos cadastros no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo). A ação ocorreu no posto de fiscalização localizado na interligação das rodovias AM-010 e BR-174. A atuação também tinha como objetivo verificar a aplicação das medidas de segurança e de prevenção contra o coronavírus.

ALAGOAS NA FRENTE

O maior nível de adesão no País ao Selo Turismo Responsável é de Alagoas, segundo a pesquisa do Departamento de Turismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que foi realizada 60 dias após o Ministério do Turismo (MTur) começar a dar o selo a empresas do ramo. A adesão é de 38% no estado, percentual acima da média nacional, que é de 21%. Desenvolvido pelo professor mestre Thyago Velozo de Albuquerque, pesquisador do Núcleo de Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável da UFPB, o estudo revela o grau de adesão de estados e regiões brasileiras.

TROPICAL ABANDONADO

Tudo indica que o Tropical Hotel Manaus terá que ser leiloado pela terceira vez. A empresa Nyata Participações e Investimentos, que havia arrematado o empreendimento por R$ 135 milhões, não fez o pagamento no momento determinado. Com isso, a empresa que cuida dos interesses da massa falida do Tropical Hotel, está pensando em marcar novo leilão. Enquanto isso não acontece, as instalações do hotel ficam cada vez mais deterioradas. Além do mato, que já tomou conta de vários espaços, as coberturas foram depredadas e a sujeira pode ser vista em todas as paredes.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email