Chapa Wilson/Menezes a caminho

O mais novo nome forte do governo estadual é o do coronel reformado do Exército Alfredo Menezes (Patriota). Ontem isso ficou definitivamente provado, quando da escolha do deputado Felipe Souza, seu correligionário, para ser líder governista na Assembleia Legislativa. Antes disso, o militar já tinha influenciado na escolha do médico Anoar Samad, seu aliado, para a Secretaria de Saúde, e na indicação do general Carlos Alberto Mansur para a Secretaria de Segurança. O irmão dele, coronel PM Jersey Menezes, também ascendeu, assumindo como subcomandante. A influência é resultado da estratégia que o governador Wilson Lima (PSC) decidiu adotar, de investir todas as fichas na formação de uma chapa apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Há quem diga que Menezes está tão forte que poderá escolher entre ser candidato a vice-governador ou a senador no time comandado por Lima. Quem não anda nada satisfeito com a movimentação é o senador Omar Aziz (PSD).

OS VICES

Além de Felipe Souza (Patriota) como novo líder do Governo, Wilson Lima também anunciou que o grupo de líderes do Executivo no parlamento estadual também terá os deputados Abdala Fraxe (Podemos) e Saullo Vianna (PTB) como 1º e 2º vice-líderes. Fraxe, aliás, era considerado um aliado mais próximo do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), mas isso está mudando.

FISCALIZAÇÃO

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas irá intensificar as ações de fiscalização em pontos estratégicos de Manaus, com o objetivo de reduzir os índices de acidentes nas ruas da capital. O anúncio foi feito pelo diretor-presidente Rodrigo de Sá, em entrevista coletiva na sede do órgão, ontem.

PESADOS

Aliás, o Detran-AM, em parceria com o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana e o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, deu início, ainda ontem, à fiscalização de trânsito com foco a veículos pesados, como parte da intensificação das ações para se tentar reduzir acidentes envolvendo este tipo de modal.

SEM FOLGA

david almeida
Foto: Marcely Gomes / Semcom

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou ontem que a gestão municipal não irá decretar ponto facultativo na segunda-feira (6), véspera do feriado nacional da Independência do Brasil, que se comemora em 7 de setembro. Nesta data o funcionamento das áreas não-essenciais da prefeitura estará suspenso, mas a segunda-feira “imprensada” será de trabalho.

129 ANOS

Dos decretos da Belle Époque à inauguração do Teatro Amazonas, da criação da Zona Franca à proclamação da Constituição Estadual, das maiores secas e cheias dos rios às ações relativas à Copa do Mundo e ao enfrentamento da pandemia. A Imprensa Oficial do Estado do Amazonas completou ontem 129 anos de existência registrando, publicando e imprimindo estes e outros fatos da história do estado.

RECORDES

Patrulhamento tático e estratégico em combate à criminalidade, suplementando o policiamento desenvolvido pelas Companhias Interativas Comunitárias nos bairros. Esta é a missão do 1º Batalhão de Força Tática da Polícia Militar do Amazonas. A unidade vem batendo recordes na apreensão de armas e drogas na capital amazonense. Até meados de agosto, foram 1,3 toneladas de entorpecentes interceptados com grupos criminosos em Manaus.

A MISSÃO

A Força Tática age em ocorrências de alto risco, como também nas apreensões de armas de fogo, entorpecentes e no combate ao crime organizado. O batalhão também apoia outros órgãos do Sistema de Segurança Pública, como nos casos de cumprimento de mandados de prisão, operações policiais na região metropolitana e agora na operação Hórus da Secretaria de Segurança Pública e Ministério da Justiça e Segurança Pública, nos municípios fronteiriços.

LARANJA

A transmissão de Covid-19 no Amazonas é de risco moderado, permanecendo na fase 3 (laranja), com redução na média diária de casos confirmados da infecção e de ocupação de leitos por pacientes com a doença no estado. A atualização consta no Boletim Epidemiológico da Covid-19 no estado, mas o alerta para os cuidados básicos continuam.

FRASES

“A Aleam que homenageia de forma justa àqueles que salvaram vidas no Amazonas é a mesma que não assina a CPI da Pandemia.” Wilker Barreto (sem partido), deputado estadual

“A Amazonas Energia está muito folgada.” Serafim Corrêa (PSB), deputado estadual, ao assinar pedido de instalação de CPI para investigar a concessionária

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email