Centro de Barretos vai ganhar quiosques com tema country

O comércio central de Barretos (SP), terá 40 novos quiosques com temática country para a comercialização de alimentação, jornais e revistas. O objetivo é, além de gerar empregos, criar uma atração turística extra para a cidade, conhecida pela tradicional festa de rodeio.
A medida foi decidida pela Prefeitura Municipal de Barretos em conjunto com a Acib (Associação Comercial e Industrial de Barretos) e o Sindicato do Comércio Varejista.
Segundo o vice-presidente da Acib e também secretário municipal de Indústria, Comércio e Agricultura, Roberto Arutim, devem ser criados cerca de cem postos.
“Em maio de 2003, a cidade já havia ganhado 20 quiosques, mas espalhados pela cidade. Agora, terá o tema da festa do peão”, disse. A 52ª edição da Festa do Peão de Boiadeiro começa dia 16.
A intenção é chegar ao total de 90 quiosques, que é a demanda dos comerciantes. Cada quiosque, que será feito por empresa terceirizada, custa R$ 6.000. “Cada um será responsável pela manutenção de seu ponto”, afirmou Arutim.
A Prefeitura de Barretos iniciou na segunda-feira as obras de revitalização da plataforma e do pátio de manobras da estação ferroviária, no centro. Como a passagem de trens pela cidade foi desativada em 1998, o objetivo da prefeitura é que o local se torne um complexo turístico.

Restauração da infra-estrutura

De acordo com o secretário de Obras e Serviços, Edson Marcondes de Souza, o projeto prevê a recuperação do piso e a restauração da estrutura do prédio da estação –que é de 1909–, bem como a construção de banheiros e a reforma da praça que fica em frente à plataforma.
“Vamos construir uma espécie de memorial, com banners, que irão contar a história e atrair o turismo para a cidade”, disse Souza.

Artesanato e lanchonete

O espaço terá também locais próprios para comércio de artesanato e lanchonetes. “Com as obras, abriremos uma rua que dá acesso do bairro Nogueira ao centro, o que não havia antes”, disse.
A previsão é que as mudanças custem aproximadamente R$ 1 milhão aos cofres públicos. O prazo estimado para a conclusão das obras, de acordo com o secretário de Obras, é de 60 dias.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email