Centro Comercial Box Park chega a Zona Oeste

A pandemia teve um enorme impacto no mundo dos negócios. Mas está sendo vencida.  Prova disso, é o surgimento de empreendimentos previstos para inaugurar este ano, especialmente em Manaus. Com 15 lojas em três blocos de atividades, a zona Oeste da capital contará, a partir de novembro, com o Centro Comercial Box Park. Um conceito que vai dispor em sua estrutura contêineres com vários serviços, além de conveniência e alimentação. 

A análise da escolha do local  levou em consideração, o potencial desenvolvimento da área do Tarumã, a ideia do projeto surgiu dentro da necessidade de atender à demanda dos moradores das proximidades da Avenida do Turismo. “É uma área em franco desenvolvimento na cidade com muitos condomínios e com moradias em construção, onde as famílias não tem um espaço de encontro e entretenimento. Existe uma carência desse tipo de proposta naquela região”, afirma o idealizador do projeto, o arquiteto Roberto Moita. 

As projeções dão conta que 2 mil famílias estão concentradas na região, o que fortalece a escolha do local para o projeto. Segundo Moita, há um expressivo modelo consumidor, com alto poder aquisitivo, entre as classes média e alta.

Entre as atividades disponibilizadas no centro comercial, estão  farmácia, lavanderia, mercadinho, serviços para celulares, os moradores contarão ainda com pizzaria, hamburgueria, sorveteria, venda de sushi, cervejaria, venda de sushi e cafeteria; além de de serviços como salão de beleza, barbearia e pet shop.

De acordo com o empreendedor e arquiteto, Roberto Moita, até o momento, cerca de 60% das lojas estão locadas e mais de 70% da área de locação. “Um dos primeiros negócios fechados foi mercadinho, farmácia, hamburgueria e cervejaria, são as maiores lojas”. 

Moita estima que o empreendimento deve gerar cerca de 60 empregos diretos. Em relação aos valores dos aluguéis, variam entre R$ 1,5 mil e R$ 3,5mil, dependendo da área e do tipo de negócio. As obras estão em fase de licenciamento e devem começar no mês de agosto. As estruturas de contêineres têm de 15 a 125 metros quadrados.

Na contramão da crise, surgem as oportunidades e segundo o arquiteto, felizmente a vacinação em massa em todo planeta tem minimizado os impactos causados pelo novo coronavírus e comprovado a necessidade de novas estratégias e readaptações para girar a economia. “A gente sabe que historicamente no dia seguinte das pandemias há ebulição dos negócios, da vida, da cultura, então, estamos apostando num novo ciclo de desenvolvimento humano, econômico e cultural que vem mapeado com expectativas de um forte crescimento econômico no pais”. 

Para ele, assim como as autoridades, os órgãos internacionais e econômicos, que preveem uma forte evolução na economia  em  2021, ele resolveu sair na frente e investir nessa aposta do primeiro centro comercial planejado com qualidade da região. 

Os interessados em alugar boxes no espaço, podem obter informações por meio dos contatos (92) 98407-7777 ou pelo instagram @robertomoitaarquitetos.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email