14 de abril de 2021

CDL realiza ‘Gestão de Frota’

O ano de 2008 começa cheio de oportunidades para o mercado de transporte de cargas e de logística no País.

O ano de 2008 começa cheio de oportunidades para o mercado de transporte de cargas e de logística no País. A tendência de aquecimento do mercado já estimula transportadoras e operadores logísticos a investir em novas frotas e na ampliação de suas malhas operacionais.
Quarenta e dois por cento é o percentual que atualmente representam os gastos de empresários do segmento de transportes em Manaus. O número reflete diretamente no bolso dos empreendedores em despesas com manutenção de transportes, combustíveis, mão-de-obra, entre outros.
Com o objetivo de ajudar os profissionais dessa área de atuação, a CDL-Manaus (Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus) realiza a partir desta segunda-feira, o curso ‘Gestão de Frota’. Até o dia 18 do mesmo mês, o facilitador do treinamento, Fernando Ellis Magalhães, irá mostrar na prática aos colaboradores das empresas participantes, como elaborar uma roteirização de entregas; controle e gestão de gastos com pneus, tração e prolongamento para a 2ª vida; controle de consumo de óleo versos km rodado; controle de gastos com manutenção e estabelecimentos de metas; check list de saída e sua utilização de gerenciamento da frota; gestão de controle de entrega diária, otimização versos redução de gasto; limites de cargas – sua vantagem em estar legal; balanceamento de carregamento em caminhões; cansaço e doenças imperceptíveis; programa motivacional; indicadores de performance e muito mais.
Segundo o instrutor Fernando Ellis Magalhães, a terceirização de atividades não ligadas ao foco de transportes, é um entrave que muitos empresários ainda não atentaram. “Percebo que o empresário desse segmento muitas vezes faz gastos com atividades que poderiam ser terceirizadas, reduzindo assim, custos e dor de cabeça” apontou o instrutor, explicando que o curso tem como objetivo possibilitar a todos os gestores de frota, seja de distribuição ou frotista agregado, uma gestão integrada de suas ações, visando a melhoria de performance e a reduçãos dos custos que hoje representam 42% de todo o gasto.
Em seu resumo, Magalhães disse que o curso “trata em detalhe os seguintes assuntos: introdução à gestão de frotas, dimensionamento, especificação e avaliação de veículos e operação de frotas. Cuida da previsão e controle dos custos operacionais das frotas de veículos. Enfatiza como deve ser o planejamento da manutenção e ensina como e quando deve ocorrer a substituição de veículos. Dá dicas de como fazer a acomodação de cargas e passageiros e analisa as principais inovações tecnológicas em termos de frotas de veículos”.

Esta co­luna é ­uma pu­bli­ca­ção diá­ria e ela­bo­rada ­pela ­CDL-Manaus
E-­mail: co­mu­[email protected]­naus.­com.br

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email