CDL-M quer reduzir volume de devedores em Manaus

A CDL-Manaus (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus) estima reduzir em até 12% o volume de inadimplências no comércio local. Para isso, está apostando na campanha “Limpe seu crédito e faça seu nome brilhar”, que vai até o dia 30 deste mês, uma oportunidade para as pessoas que estiverem interessadas em retirar o nome do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) antes do fim do ano.
Segundo o presidente da CDL-Manaus, Ezra Azuri Benzion, o programa tem como objetivo reduzir o número de restrições de crédito. Atualmente, existem cerca de 500 mil cadastros de inadimplência na praça, entretanto, vale ressaltar que este índice não se reflete diretamente na quantidade de devedores, pois “a mesma pessoa pode ter mais de um débito pendente no comércio”, como explicou o representante da entidade.

De acordo com Benzion, a campanha acontece em parceria com aproximadamente 2.000 lojas, cerca de 70% das associadas à instituição, e deve resultar em 60 mil restituições de crédito, o dobro do que foi alcançado na última, realizada em igual período do ano passado. “Este projeto, além de devolver o poder de compra à prazo ao cidadão, vai fortalecer e incrementar o comércio amazonense nos meses de novembro e dezembro”, concluiu o presidente da CDL-Manaus, enfatizando suas expectativas otimistas.

Desconto no débito pode chegar a 70%

No intuito de motivar o cidadão inadimplente a reaver seu crédito na praça, a Câmara tem oferecido serviço de auxílio e incentivo às renegociações de débito, informando aos clientes acerca das medidas cabíveis para a regularização. Nesta campanha, participam lojas como Bemol, TV Lar, Esplanada, Armazém Paraíba, óticas Dinâmica e A Especialista.

Para o presidente da ACA (Associação Comercial do Amazonas) José Azevedo, as renegociações de crédito são proveitosas e estão baseadas no abatimento do débito, des­contos (com a porcentagem a cargo de cada empreendimento participante), parcelamento e redução ou até mesmo retirada dos juros.

Azevedo, que também é proprietário das lojas TV Lar, assegurou que em seu estabelecimento comercial será oferecido até 70% de descontos para os clientes que queiram reajustar suas contas, entretanto ale­gou que os valores são relativos e muito variáveis de acordo com o tempo e valor do débito, tipo de pro­duto, etc.

“Cada caso é um caso. Vamos tentar nos adequar às melhores possibilidade de negociação”, disse Azevedo, esperando que o ­número de inadimplentes de suas lojas caia de 8% para 3% ao fim desta ­campanha.

Festas natalinas

Na opinião do consultor contábil, Paulo André Bacelar de Souza, a iniciativa é de extrema importância para o comércio local, pois vem dar ao consumidor a oportunidade limpar seu nome e habilitá-lo a realizar novas compras no fim do ano. Segundo ele, ­outro fator é a motivação por parte do comerciante ao receber a receita que já havia dado como perdida.

“Vejo como uma oportunidade para o cidadão recuperar seu crédito e, ao mesmo tempo, como uma estratégia positiva do setor lojista para fomentar os negócios da cidade, a ação é favorável tanto para o consumidor quanto para o empresário, mas seja como for, os dois saem ganhando”, afirmou o contador Paulo Souza.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email