Casa-modelo para famílias de baixa renda é aprovada pela Caixa

A superintendente regional da Caixa Econômica Federal Noêmia de Souza Jacob aprovou na manhã de ontem a casa-modelo construída pela Prefeitura de Manaus por meio de uma iniciativa do Implurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano). O imóvel faz parte do projeto de melhoramento habitacional intitulado “Operações Coletivas” em que serão construídas 5 mil casas populares destinadas às famílias de baixa renda, em vários bairros da cidade, até 2012.
“O projeto é excelente pelo alcance já que amplia a visão do déficit habitacional. Essa iniciativa da Prefeitura de Manaus terá um alcance social fantástico. O que temos aqui é um projeto superintelingente do ponto de vista do aproveitamento do projeto que facilita o processo construtivo, pois temos um imóvel de qualidade e com um baixo custo”, declarou Jacob durante visita ao imóvel construído no estacionamento da sede da prefeitura, no bairro Compensa, zona oeste.
O presidente do Implurb, Bosco Saraiva, disse que inicialmente o programa previa a construção de 200 casas, mas em função da disposição e aprovação da Caixa Econômica, o número de unidades habitacionais a serem construídas até dezembro chegará a mil casas. “Até o final de agosto estaremos assinando com a Caixa o convênio que permitirá a construção de 375 casas e posteriormente avançaremos nos restante até fecharmos 2009 com mil casas e assim nossa meta é de chegarmos as 5 mil unidades em 2010, como determinou o prefeito Amazonino Mendes”, declarou Saraiva.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email