Embora a mídia tenha tentado fazer parecer uma BOMBA, a notícia da retirada das penas que foram imputadas ao ex-presidente Lula, pelo STF, foi uma verdadeira carta marcada em um jogo que fica a cada dia mais sujo. O Brasil vive um momento difícil em todos os sentidos, com a necessidade de recompor a economia, a administração pública como um todo e o sistema político que está completamente viciado e fora dos padrões que tentam chamar de democracia.

Pelo que se entende, a democracia tem na independência dos três poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, um fundamento essencial para a sua existência. No Brasil o funcionamento dos três poderes passou a ter uma verdadeira bagunça funcional, onde o STF representando o poder judiciário passou a executar e legislar. A confiança dos brasileiros no poder judiciário e nos Ministros do STF em especial está à míngua, enquanto jorram decisões que de tão absurdas chegam a ser objeto de chacotas internacionais.

Fica muito difícil pensar em recompor a economia, mesmo defendendo um país que apesar das suas dificuldades, ofereceu o auxílio emergencial a mais de cinquenta milhões de cidadãos. Ou mesmo este pais que a comunidade financeira internacional chegou a prever uma queda de 10% no PIB para 2020 e caiu APENAS 4,2%, embora a própria mídia brasileira tenha utilizado este número para fazer parecer que tivemos um fracasso total. Um país que tem seu próprio povo elogiando apenas os estrangeiros, porém tem a maior cadeia produtiva de alimentos para exportação do mundo, com nosso Agronegócio acumulando vitórias a cada ano e dando espetáculos de tecnologia.

Mesmo assim, a todo momento temos problemas de parlamentares envolvidos em mutretas de compras superfaturadas ou em desvios de verbas até mesmo daquelas verbas que deveriam ter sido utilizadas para prevenir a pandemia. O que dizer então, diante destas atitudes ilícitas de nossos representantes públicos, aos pacientes que estão à espera de UTI´s quase morrendo, ou mesmo aqueles que estão nas filas dos hospitais sem mesmo conseguir um leito para se internar?

Fica muito difícil no momento em que estamos, apelar para um conceito fundamental para o funcionamento de qualquer sociedade, independentemente de sua formação, que é a HONESTIDADE. Como cobrar honestidade quando a Suprema Corte deixa de fazer seu trabalho para defender apenas apadrinhados políticos? Há quanto tempo não se vê uma só ação da tal Corte julgando uma ação de interesse social, enquanto julga até mesmo brigas internas de partidos políticos dentro da Câmara Federal. Políticos que recebem oito vezes mais que seus salários originais por conta dos BENEFÍCIOS que se auto-impuseram, deveriam ter vergonha com a quantidade de brasileiros que estão passando fome por não ter onde trabalhar. Mas onde está a Honestidade que certamente alardearam quando de suas CAMPANHAS?

Temos um país potencialmente rico, tanto no que diz respeito aos recursos naturais quanto na capacidade dos brasileiros, senão vejam o satélite que mandamos ao espaço, totalmente nosso, desenvolvido completamente por nossos cientistas. Enquanto isso o projeto americano que mandou um robô a marte, teve em um brasileiro um dos principais desenvolvedores do projeto. O que está faltando é acreditar em nosso povo e concentrar as riquezas TODAS nas verdadeiras necessidades do nosso país, sem superfaturamentos, sem desvios e sem conluios como acontecem com quase todos os projetos públicos de nosso país. Precisamos urgentemente tirar no Brasil a ideia de que aqui, o Crime compensa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email