Carros autônomos da Volvo e Nvidia

A Volvo anunciou uma importante parceria com a Nvidia para expandir sua ação dentro do potencial mercado de carros autônomos. A montadora sueca vai utilizar a tecnologia Nvidia Drive Orin para alimentar o computador de direção autônomo nos modelos da próxima geração que a empresa vai lançar.

Com essa parceria, a Volvo se torna a primeira fabricante de automóveis com presença global a usar Nvidia Druve Orin em seus modelos, com base na nova geração da arquitetura de veículo modular, a SPA2, que chegará em breve. O primeiro carro a vir equipado com esse SoC será a próxima geração do Volvo XC90, SUV grande da marca e que faz enorme sucesso no Brasil.

Segundo a Nvidia, essa plataforma de inteligência artificial é capaz de operações de 254 tera (ou 254 trilhões) por segundo (TOPS), mais do que necessário para que veículos autônomos possam atuar sem maiores problemas. Essa tecnologia, aliás, vai atuar em conjunto com o software desenvolvido internamente e pela Zenseact, empresa de software de direção autônoma da Volvo, bem como sistemas de backup para direção e frenagem.

Outro ponto importante dentro do novo sistema da Volvo é a arquitetura SPA2, que estará pronta para receber o hardware de condução autônoma desde o início da produção. O novo recurso de direção autônoma não supervisionado, Highway Pilot, será ativado automaticamente quando for verificado que é seguro para localizações e condições geográficas individuais.

Tecido usa tecnologia da NASA e prata para matar vírus, fungos e bactérias

Edredom é autolimpante e usa a prata para matar bactérias
Foto: Divulgação

Mais uma novidade surge para ajudar você a cuidar melhor da casa. Cientistas desenvolveram um edredom autolimpante.

Testes feitos em laboratório mostram que, quando a roupa de cama não é lavada com frequência, ela pode acumular colônias de bactérias até 17 mil vezes maiores do que as encontradas em um assento de banheiro, por exemplo. Com a aplicação da tecnologia de prata natural termorreguladora desenvolvida pela NASA, os pesquisadores conseguiram reduzir essa quantidade drasticamente.

Nos edredons da Miracle, as fibras são feitas com prata de verdade e atuam como uma espécie de escudo natural contra bactérias que se alimentam de células mortas, pele, suor e até de pelos de animais, impedindo o crescimento bacteriano em 99,9% —segundo a companhia. Além disso, o tecido tecnológico não causa alergias e é totalmente natural.

Os íons de prata empregados no produto possuem uma carga positiva que se conecta às bactérias como se fosse um imã. O tamanho minúsculo da nanoprata é essencial para que ela penetre na membrana celular e essas nanopartículas são capazes de invadir as células, destruindo o interior de microrganismos como vírus, bactérias e fungos.

Domino’s começa a entregar pizzas em carros 100% autônomos

Empresa deu início aos testes nos EUA
Foto: Divulgação

Moradores de Houston, nos Estados Unidos, em breve receberão entregas de pizza diretamente em um carro totalmente autônomo. A Domino’s deu início às encomendas realizadas pelo Nuro R2 nesta semana, depois de dois anos sob avaliação em projeto experimental.

Em junho de 2019, a rede de pizzaria se interessou pela ideia e deu luz à iniciativa de entregas autônomas. Com bons resultados e aproveitando a aprovação do R2 no Departamento de Transporte dos Estados Unidos, a franquia atenderá a pedidos de Woodland Heights com a opção dos entregadores supertecnológicos.

A localização do carro inteligente poderá ser monitorada a todo momento através de GPS, para que o cliente saiba exatamente onde está o seu pedido. Assim que chegar, a pizza deverá recolhida mediante a apresentação do PIN, fornecido ao consumidor no momento da compra.

Ainda que tenha saído da fase de avaliação intensa, o vice-presidente sênior da Domino’s Dennis Maloney fala que a empresa tem muito a aprender com o segmento de entregas autônomas e ainda ficará de olho na recepção da novidade. “Este programa servirá para melhor entendermos como consumidores recebem as entregas [autônomas], como interagem com o robô e como isso afeta as operações da loja”, comenta.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email