Carla Reis recebe elogio de Lewandovski

Uma conversa chamou atenção dos presentes à solenidade realizada na última quinta-feira (12), no Tribunal de Justiça, para condecorar personalidades que colaboraram com a Corte. Um dos homenageados, o ministro Ricardo Lewandovski, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, aproximou-se da desembargadora Carla Reis e lhe disse: “Trago-lhe um abraço da professora Maria Helena Diniz”. Todos em volta ficaram boquiabertos, sem entender muito bem o recado. A magistrada, então explicou a lembrança. Tanto Lewandovski quanto Diniz são doutores em Direito pela Universidade de São Paulo, sendo que ela foi a orientadora de Carla quando esta cursou o mestrado em Direito das Relações Sociais e Direito de Família na Pontifícia Universidade Católica paulista. Daí a relação entre elas. “Não só lhe citou, como falou muito bem da senhora”, acrescentou o ministro, que em 2014 chegará à Presidência da maior corte de Justiça do país. E terá ótima impressão do colegiado amazonense, não apenas pela homenagem, como também pelo preparo de seus membros.

BEM NA FOTO

Pesquisa do Ibope, encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e divulgada nesta sexta-feira (13), diz que o governador do Amazonas, Omar Aziz (PSD), tem a melhor avaliação entre os demais governadores dos Estados do Brasil. Os resultados apontam que 84% dos entrevistados aprovam a maneira dele de governar. O percentual dos entrevistados que consideram o governo de Omar Aziz como “ótimo” ou “bom” é de 74%, o melhor do Brasil, de acordo com a pesquisa. A confiança da população também foi outro indicador medido pelo levantamento, que apontou que Omar Aziz também lidera entre os governadores do país, com percentual de confiança de 75%.

SEQUÊNCIA

Depois de Omar Aziz, os governadores melhor avaliados, na maneira de governar, foram Eduardo Campos, de Pernambuco, com 76%; Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, com 13% de aprovação e Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, 16%.

DECENTE

De acordo com José Ribeiro, representante da OIT, a agência das Organizações das Nações Unidas que trabalha na prestação de assistência técnica aos órgãos ligados à questão do trabalho, um relatório sobre as ações do Plano Nacional de Trabalho e Emprego Decente, no qual foi feito um raio-x sobre a questão em todas as unidades federativas do país, mostrou que o Amazonas apresentou uma grande evolução no que diz respeito ao quesito “trabalho decente”, com o aumento no número de trabalhadores formais.

NÚMEROS

De 2004 a 2011 o número de trabalhadores com carteira assinada praticamente dobrou no Estado, passando de 291 mil para 575 mil. Isso fez com que a taxa de formalidade passasse de 36% para 45%”. O índice de crescimento do Amazonas nesse setor foi de 97%, bem acima da média nacional, que cresceu 53% e da média da região Norte, que saltou para 85%. Mesmo com o aumento, José Ribeiro chama atenção para o grande número de trabalhadores que continuam na informalidade, que ainda são 55% em todo o Estado, e a quantidade de jovens entre 18 e 29 anos que não trabalham, e não estudam, que é de 20%.

POLÊMICA

A Câmara fechará o ano com a votação do anteprojeto do Plano Diretor de Manaus nesta semana. Emendas polêmicas apresentadas pelos vereadores, como o limite de gabarito dos prédios, requalificação dos templos religiosos e a criação do “Cachorródromo” devem entrar no debate, durante a análise do relatório final com pareceres contrários e favoráveis às 559 emendas.

PARA CARENTES

Homenageado com a Medalha de Ouro ‘Cidade de Manaus’ na Câmara Municipal o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado, Francisco Cruz, disse que o Ministério Público é uma casa simples e para pessoas carentes.

RECORDISTA

Legislar não é com ele, mas o vereador Joãozinho Miranda (PTN) acaba de ultrapassar a marca de 800 requerimentos em menos de um ano de mandato, disparando à frente de seus colegas. Foram nada menos que 16 por semana, todos pedindo serviços da prefeitura.

VISIONÁRIO

Que ninguém subestime o deputado Francisco Souza (PSC) quando ele decide lançar a coleta de assinaturas para a construção de uma ponte gigantesca. Ele era chamado de lunático quando montava suas banquinhas nos portos das balsas colhendo assinaturas para construir a ponte sobre o rio Negro. Ela saiu. Neste final de semana voltou à lida, agora pela construção de uma ponte sobre o rio Solimões. E começou pela avenida Lourenço da Silva Braga, atrás do Mercado Adolpho Lisboa.

MAIS CAMAS

O Ministério do Turismo está estudando alternativas para aumentar o número de dormitórios em Manaus para atender aos turistas que deverão visitar a cidade para assistir aos jogos da Copa do Mundo de 2014. A informação foi repassada pelo senador Eduardo Braga (PMDB), que participou de reunião no órgão para tratar do assunto. Segundo o senador, o ministério prevê o aumento de 25% a 30% de turistas na cidade, o que vai demandar um volume de sete a oito mil dormitórios além dos existentes.

EMBARCADOS

“A saída é que a gente possa ter navios, transatlânticos, navios de grande porte ancorados no Rio Negro. Nosso problema é encontrar um navio que tenha espaço no seu calendário e preparar, de alguma forma, o porto para que nós recebamos os turistas de forma digna e correta”, disse o parlamentar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email