Caravana do Esporte e Caravana das Artes chegam a Lábrea

Com a mobilização de mais de três mil alunos da rede pública de ensino fundamental da área urbana e de alunos de escolas rurais de várias aldeias indígenas da região do Médio Rio Purus, a Caravana do Esporte e a Caravana das Artes chegarão, no próximo dia 24 de agosto, ao município de Lábrea, distante 701 km de Manaus, capital do Amazonas. As Caravanas em Lábrea programaram uma semana de atividades esportivas e artísticas dirigidas a crianças e jovens, além de oficinas de formação de educadores em Arte e em Esporte Educacionais.
A marca das Caravanas em Lábrea será a intensa participação de lideranças, professores e estudantes indígenas das etnias apurinã, paumari, jamamadi e jarawara, com apoio da Federação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Purus, da FUNAI (Fundação Nacional do Índio) e da Secretaria Municipal de Educação. Participarão ainda estudantes não indígenas de comunidades extrativistas da região.
“Estar em Lábrea com as comunidades indígenas potencializa nossos propósitos e proporciona a todos um intercâmbio cultural fortalecedor da nossa identidade. As longas distâncias e os novos desafios nos impulsionam a seguir adiante para garantir às crianças e jovens brasileiros o direito de acesso ao esporte e à arte”, afirma Adriana Saldanha, diretora das Caravanas.
Os projetos levam a metodologia do esporte educacional e da arte-educação para comunidades do interior do Brasil e, nesta etapa de Lábrea, promoverá um intercâmbio entre professores indígenas e não indígenas. Zé Bajaga, cacique da etnia apurinã e presidente da Federação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Purus, afirma que a expectativa já é grande para a etapa de Lábrea. “Há um grande entusiasmo entre os irmãos de várias Terras Indígenas de Lábrea e até de municípios vizinhos. Vamos poder mostrar um pouco da nossa cultura e dos esportes que fazemos aqui, como arco e flecha, cabo de guerra, corrida com tora e natação, além de também conhecer outras coisas que as Caravanas vão trazer.”
O objetivo principal das Caravanas é qualificar os educadores e gestores para que ofereçam mais horas de educação física no currículo escolar, de forma inclusiva, e para que incluam o fazer artístico com música, dança, teatro e artes plásticas no cotidiano das escolas, respeitando o patrimônio cultural local e a cultura dos povos da floresta.
Um painel de debate e capacitação de gestores com o tema “A INFÂNCIA INDÍGENA E A MELHORIA DOS INDICADORES SOCIAIS NA REGIÃO DO MÉDIO PURUS” será realizado durante as atividades dos projetos, na tenda Show da Caravana, na quarta-feira (26), a partir das 14h. Participam representantes do UNICEF, da direção das CARAVANAS, da Disney, da medalhista olímpica Ana Moser, presidente do Instituto Esporte & Educação, do consultor do IEE, João Batista Freire, do cacique apurinã e presidente da FOCIMP, Zé Bajaga, do coordenador regional da FUNAI, Luiz Fernandes, da antropóloga Mirella Poccia e de representantes da prefeitura de Lábrea.
As Caravanas em Lábrea terão oito mini estações esportivas da Caravana do Esporte, incluindo esportes indígenas, duas tendas de música e dança da Caravana das Artes; a tenda do Show da Caravana, com capacidade para 300 pessoas, e o Cinema Caravana/Disney.
Em 2015, a Caravana do Esporte e a Caravana das Artes já passaram por Nazaré da Mata (PE), Porto da Folha (SE), União dos Palmares (AL), Pedra Azul (MG) e Rio das Flores (RJ). A etapa de Lábrea será exibida em 20 de setembro, às 20 horas, na ESPN+, e às 2h30 do dia 21 na ESPN Brasil.

Projetos incentivados
A Caravana do Esporte, que conta com o apoio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, e a Caravana das Artes, incentivada pela Lei Rouanet do Ministério da Cultura, são iniciativas de responsabilidade social da ESPN e da Disney, em parceria com UNICEF, Instituto Esporte & Educação, dirigido pela medalhista olímpica Ana Moser e Instituto Mpumalanga.
Os projetos proporcionam vivências esportivas e artísticas às comunidades e buscam impulsionar as políticas públicas locais para garantir o direito de todas as crianças e adolescentes de praticar esportes e produzir arte num ambiente inclusivo e livre de violência.
Toda ação das CARAVANAS é transformada em um programa de TV, exibido na grade de programação da ESPN (vimeo.com/113403138 / vimeo.com/117579905), no site das Caravanas (www.caravanaesporteartes.com.br), no site do Instituto Mpumalanga (www.mpumalanga.com.br), do Instituto Esporte & Educação (www.esporteeducacao.org.br) e na página das Caravanas no facebook (facebook.com/caravanaesporteartes)

Sobre a Caravana do Esporte
Com dez anos de atuação em municípios do interior do Brasil com baixo ou médio Índice de Desenvolvimento Humano, escolhido em conjunto com o UNICEF, a Caravana do Esporte tem números impressionantes. São 2,5 milhões de crianças e adolescentes atendidos direta e indiretamente, em 23 estados e 104 municípios, com mais de 30 mil professores capacitados e participação de 120 atletas e artistas voluntários.
As atividades desenvolvidas em cada etapa seguem os princípios da participação de todos, educação integral, construção coletiva, respeito à diversidade e valorização da cultura local. Nesses dez anos do projeto, os principais resultados obtidos foram queda na evasão escolar, maior envolvimento dos pais nas atividades da escola, maior participação das crianças em sala de aula, diminuição da violência e do trabalho infantil, maior motivação dos profissionais da educação pública e construção de políticas públicas para a garantia dos direitos da criança e do adolescente.
O documentário de uma hora de duração, exibido mensalmente pela ESPN Brasil, é o principal registro jornalístico da ação dos projetos, com abordagem sócio-econômica da realidade da infância, da educação pública, além de questões históricas, culturais, geográficas e ambientais da região visitada. Desde 2005, o documentário recebeu importantes premiações como o Prêmio APCA de Melhor Programa Esportivo da TV Brasileira (2005); Menção Honrosa nos Prêmios Ibero-americanos de Comunicação (UNICEF Espanha 2005/2006); finalista do Prêmio Esso de Telejornalismo (2005/2006); Prêmio Mídia da Paz (2007/2008), menção honrosa no Premio Giorgio Binchi per la Promozione dello Sport – Itália 2009 e Prêmio Disney VoluntEARS para a diretora Adriana Saldanha.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email