Caravana Brasil Nacional tem saldo positivo

Após 21 viagens por 20 estados brasileiros e o Distrito Federal ao longo de um ano, a mais recente edição da Caravana Brasil Nacional terminou com saldo positivo: a constatação de que 36,5% na oferta de novos destinos e produtos visitados já estão inseridos nos portfólios das operadoras participantes. Foram realizadas sete viagens com operadores de turismo, doze com operadores de turismo e agentes de viagem e duas rodoviárias com agentes de viagem.
A Caravana Brasil é um projeto do MTur (Ministério do Turismo) e do Sebrae, operacionalizado pela Braztoa (Associação Brasileira de Agências de Viagens), que tem como objetivo levar agentes e operadores de turismo para conhecer destinos e produtos turísticos, novos ou já comercializados. “Estamos muito satisfeitos em perceber que o mercado abraçou o projeto”, disse a coordenadora do projeto pela Braztoa, Daniela Sarmento. Nesta edição, foram realizados encontros de negócios para os operadores e encontros de conhecimento, nas visitas com agentes de viagem.
“Acredito muito que, conhecendo lugares, aprendemos mais e nos transformamos em profissionais melhores. A Caravana proporciona isso: qualificação, promoção e apoio à comercialização. Além disso, criamos uma relação próxima com destinos e empresários, e é neste elo que se desenvolvem boas parcerias e grandes negócios”, disse a coordenadora geral de Apoio à Comercialização do MTur e há cinco anos envolvida no projeto, Jurema Monteiro.
No último dia 17, o projeto reuniu seus principais participantes em um jantar, em São Paulo, para comemorar os resultados. Estiveram presentes, entre outros, Airton Pereira, secretário nacional de Políticas do Turismo do MTur, e Valéria Barros, coordenadora do Sebrae Nacional, que receberam das mãos de Eduardo Barbosa, presidente da Braztoa, uma peça comemorativa dos 20 anos da entidade.
Durante as viagens precursoras (que ocorreram nas viagens de operadores e de agentes com operadores) aconteceram as capacitações para fornecedores de serviços turísticos locais e para representantes institucionais do setor. Ao todo, houve 20 capacitações contando com a presença de 634 pessoas nestas ações.
“Foi uma grande oportunidade para as micro e pequenas empresas do turismo participarem dos encontros de negócios e de conhecimento realizados nos destinos, possibilitando uma comercialização mais efetiva dos produtos turísticos”, avaliou Valéria Barros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email