Cancelamento de vôos sobre o turismo

Embora tenha sido coordenado pela Abetar (Associação Brasileira de Empresas de Transportes Aéreos Regionais) e realizado por um professor do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), o estudo técnico que indica diminuição no número de cidades atendidas por vôos comerciais regulares devido liberalização do setor e concorrência predatória entre as companhias foi encomendado e pago pelo Ministério do Turismo.
Segundo o assessor especial da ministra Marta Suplicy, Roberto Garibe, a redução do número de municípios e de microrregiões que contam com vôos comerciais regulares afeta o incremento da atividade turística nas localidades atingidas, razão pela qual o ministério encomendou o estudo. O turista [brasileiro ou estrangeiro] não chega a certos destinos do país se não houver linhas aéreas. Se não houver acesso aéreo o futuro turístico desses locais fica comprometido. Daí nosso esforço em apoiar todo tipo de estudo e iniciativa que melhore a cobertura aérea.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email