Cai apoio à reeleição de políticos para os cargos majoritários

O apoio da população brasileira à reeleição do presidente da República, governadores e prefeitos caiu em outubro deste ano, segundo pesquisa divulgada pela CNT/ Sensus. Os resultados mostram que 57,4% dos brasileiros apóiam a reeleição hoje. Em abril 65,4% eram favoráveis à reeleição de políticos para cargos majoritários. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais.

O número de entrevistados contrários à reeleição subiu de 28,2% em abril deste ano para 38,2% em outubro. “Apesar de permanecer positivo, o apoio da população à reeleição permanece positivo”, disse o presidente do Instituto Sensus, Eduardo Guedes. A pesquisa mostra que 45,7% dos entrevistados consideram que o presidente da República deveria ser eleito para apenas um mandato, enquanto 36,8% são favoráveis a dois mandatos consecutivos. Somente 12,3% dos entrevistados defenderam o terceiro mandato para o presidente.

Já em relação ao tempo de mandato para o presidente da República, 43,6% dos entrevistados defendem quatro anos com a possibilidade de reeleição. O índice caiu em relação a março de 2004 -última vez em que a pesquisa CNT/ Sensus fez esse questionamento aos entrevistados-, quando 47,2% dos entrevistados afirmaram ser favoráveis ao mandato de quatro anos com reeleição. Outros 34,1% dos entrevistados defenderam o mandato de quatro anos, sem reeleição, enquanto apenas 9,1% dos entrevistados disseram ser favoráveis ao mandato de cinco anos sem reeleição. E 9,2% apóiam o mandato de cinco anos com reeleição.

Voto obrigatório

A pesquisa mostrou que 58,9% dos brasileiros são favoráveis ao voto facultativo no país, enquanto outros 38,4% consideram que o voto deve ser um instrumento obrigatório no país. Questionados se, em caso de voto facultativo, compareceriam às urnas para escolher seus candidatos, 58,1% dos entrevistados afirmaram que votariam. Outros 27,9% responderam que não votariam, enquanto 11,1% disseram que o voto dependeria de uma série de fatores.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email